Advogado agride moral e fisicamente jornalista em Minas Gerais

Advogado agride moral e fisicamente jornalista em Minas Gerais

362

No dia 2 de agosto, o jornalista Benjamim Martins de Oliveira Júnior, assessor de imprensa da Câmara Municipal de Janaúba, no Norte de Minas Gerais, foi agredido física e moralmente pelo advogado Alex Otaviano Gatinho. A Câmara Municipal e o Sindicato dos Jornalistas de Minas Gerais repudiaram a agressão sofrida pelo jornalista no exercício da sua profissão.

A agressão ocorreu depois de uma sessão da Comissão Especial da Câmara, cujo trabalho o jornalista assessorava. foi testemunhada pelo presidente da Câmara, Armando Peninha Batista, e mais dois vereadores: Felipe Franklin Silva Carvalho e Gilberto Dias Neves – além de uma funcionária, a assessora técnica parlamentar Maria Solange Barbosa, também advogada.

O motivo da agressão seria matéria publicada por Benjamim sobre suposta tentativa de extorsão do advogado ao presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Janaúba, José Aparecido Mendes dos Santos. A notícia teria desagradado o advogado, que move processo contra ele e mais dois jornalistas da cidade, Fernando Antônio Lucas Silva e Antônio Augusto Pereira da Silva.

O fato foi registrado em Boletim de Ocorrência pelo 51º Batalhão da Polícia Militar e na Delegacia de Polícia do município. O jornalista, que recebeu murros e tapas, foi atendido no Hospital Regional de Janaúba com sangramentos.

Após a emissão de nota de repúdio pelo Sindicato dos Jornalistas de Minas Gerais , o advogado Alex Otaviano Gatinho, que se auto-proclama “jornalista neófito”, em direito de resposta publicado pelo SJPMG, argumentou que a agressão foi em “legítima defesa”.