Eleições movimentam Sindicatos de Jornalistas em todo o país

Eleições movimentam Sindicatos de Jornalistas em todo o país

589

Post eleição FENAJÚnica federação de trabalhadores que realiza eleições diretas, a FENAJ terá, de 19 a 21 de julho, eleição para renovar sua direção e a Comissão Nacional de Ética dos Jornalistas. Paralelamente, vários Sindicatos de Jornalistas também terão eleições para renovação de suas direções. Em alguns deles já há definição de chapas. Em outros os prazos de inscrição ainda não se esgotaram. Confira!

Todo jornalista sindicalizado pode votar na eleição da FENAJ, basta estar em dia com seu Sindicato. Para novos sindicalizados, o Regimento Eleitoral Nacional determina pelo menos três meses de filiação para participar das eleições. Já para as eleições dos Sindicatos são observadas regras estatutárias específicas de cada entidade.

Entre os Sindicatos que não farão seus processos eleitorais no mesmo período das eleições da FENAJ estão o do Mato Grosso do Sul, onde a eleição será no dia 28 de junho, com chapa única presidida pela jornalista Marta Ferreira de Jesus, e os Sindicatos dos Jornalistas do Distrito Federal e do Acre, cujas eleições estão previstas para setembro e dezembro, respectivamente.

No Sindicato dos Jornalistas de Goiás a eleição será nos dias 18 e 19 de julho e a inscrição de chapas está aberta até o dia 27 de junho. Já o Sindicato dos Jornalistas do Ceará terá eleição nos dias 19, 20 e 21 de julho. No Sindicato dos Jornalistas da Bahia a eleição será nos dias 20 e 21 de julho. Em Pernambuco a eleição será no dia 21 de julho e o prazo para inscrição de chapas se encerra no dia 28 de junho.

Até o momento, em 3 Sindicatos haverá eleição com duas chapas. No do Rio Grande do Norte o processo local será no dia 8 de julho e estão inscritas a chapa 1, “Sou Sindjorn, Nova Luta! Novamente!”, liderada por Breno Perruci, e a chapa 2, “Reaja Jornalista”, liderada por Anna Paula Andrade. No RN a eleição da FENAJ será no dia 19 de julho. Já para o Sindicato dos Jornalistas do Município do Rio de Janeiro, onde a votação acontecerá de 19 a 21 de julho, estão inscritas a chapa 3, “Nenhum Direito a Menos”, e a chapa 4, “Plural – Em defesa do Jornalista Profissional”. E no Sindicato dos Jornalistas do Rio Grande do Sul, onde a eleição será também de 19 a 21 de julho, estão inscritas a chapa 1 “Orgulho de Ser Jornalista”, presidida por Milton Simas, e a chapa 2, “Coletivo Categoria dos Jornalistas”, presidida por Luiz Armando Vaz.