Primeiro curso de Jornalismo do Brasil completa 70 anos

Primeiro curso de Jornalismo do Brasil completa 70 anos

55

O primeiro curso de jornalismo do Brasil completou 70 anos nesta quarta-feira, 16. Seguindo a orientação testamentária do jornalista, advogado e empresário Cásper Líbero, em 1947 foi criada uma escola de jornalismo, atual Faculdade Cásper Líbero, que funciona em um dos edifícios símbolos de São Paulo, o “prédio da Gazeta”, na Av. Paulista.

A Faculdade Cásper Líbero tem, hoje, cerca de 3 mil alunos matriculados, que contam com a atuação de 124 professores e 84 funcionários.

Diploma

Atualmente, quando a categoria luta para reconquistar a necessidade de formação específica para o exercício profissional, a preocupação de Cásper Líbero em criar um curso para qualificar o jornalista se reveste de uma importância simbólica, para além da importância histórica da data. Já que o empresário teve a compreensão de que, para oferecer informação de qualidade à população, é necessário priorizar o jornalista.

A Fundação

Cásper Líbero nasceu em 2 de março de 1889 em Bragança Paulista, interior do estado, e faleceu em um acidente aéreo na Baía de Guanabara, em 27 de agosto de 1943. Como era solteiro e não tinha herdeiros deixou firmado em testamento a criação de uma fundação para administrar seu legado. Assim, no ano seguinte à sua morte surgiu a Fundação Cásper Líbero, responsável pela gestão dos jornais A Gazeta, A Gazeta Esportiva, a rádio Gazeta e a futura escola. Em janeiro de 1970, continuando o trabalho de Cásper Líbero, a Fundação lançou a TV Gazeta.

Com informações da Fundação Cásper Líbero

Foto: Faculdade Cásper Líbero