Trabalhadores da EBC continuam em estado de greve

Trabalhadores da EBC continuam em estado de greve

308

ebc-logoEm assembleia realizada quarta-feira (23), os trabalhadores da EBC decidiram aguardar uma nova proposta da direção da empresa e suspenderam a paralisação prevista para esta quinta (24), mas mantiveram o Estado de Greve e aprovaram o indicativo de paralisação a partir da zero hora do próximo dia 29 (terça-feira), nas quatro praças da empresa (Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo e Maranhão) com nova assembleia no dia 28 para avaliar uma possível nova proposta. A data-base dos trabalhadores da EBC é em 1º de novembro.

A suspensão da paralisação se deu por conta de uma audiência de conciliação ocorrida no Tribunal Superior do Trabalho no dia 22, que contou com a participação de representantes dos Sindicatos de Jornalistas e Radialistas de São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal, além das federações representativas das duas categorias (FENAJ e Fitert), tendo em vista que a empresa suspendeu as negociações e ingressou com dissídio coletivo.

Além de um reajuste salarial de apenas 4,5%, a direção da EBC apresentou proposta que corta 39 cláusulas do Acordo Coletivo de Trabalho em vigor. Tal proposta foi rejeitada pelos representantes dos trabalhadores. E nova audiência de conciliação está agendada para o dia 30 de novembro.

O vice-presidente do TST, ministro Emmanoel Pereira intimou a direção da empresa a apresentar nova proposta de acordo que “mantenha as cláusulas sociais e sociais de conteúdo econômico atuais, com o índice de reajuste que entenda viável e possível para chegar ao consenso”.