Chapa 1 vence eleições para FENAJ

1799

Resultado eleição destaqueA “Chapa 1- Sou FENAJ”, encabeçada pela atual 1ª vice-presidente da entidade, Maria José Braga, venceu as eleições para a próxima gestão da entidade, triênio 2016-2019. Foram coletados em todo Brasil 3997 votos, total que superou o quórum exigido pelas regras eleitorais. Destes, 3931 foram considerados válidos pela CEN e 68, anulados. A Chapa 1 obteve 2300 votos, a Chapa 2 recebeu 1544. Para a Comissão Nacional de Ética, foram eleitos Audálio Dantas, Aloísio Morais, Vera Daisy Barcellos, Carmen Pereira e Antônio Pinheiro Sales.

A atual diretoria da FENAJ saúda a direção eleita e conclama todos os jornalistas brasileiros a celebrarem unidos este essencial momento democrático de definição política e fortalecimento da sua entidade máxima. Neste 2016, quando a nossa Federação completa 70 anos em defesa do Jornalismo e dos jornalistas, também ressalta a importância de eleger, pela segunda vez em sua história, uma mulher para a presidência da entidade.

Nossos agradecimentos especialmente à Comissão Eleitoral Nacional e aos Sindicatos filiados que muito se empenharam para fazer acontecer as eleições e aos profissionais que compareceram às urnas, todos compreendendo que é fundamental fortalecer a sua Federação e participar da construção da sua história de lutas.

A eleição em números

Votos coletados – 3997

Votos Válidos – 3931

Votos anulados pela CEN – 68

Chapa 1 – 2300 (58,50%)

Chapa 2 – 1544 (39,27%)

Nulos – 13 (0,33%)

Brancos – 74 (1,88%)

Sindicatos também elegem novas direções

Em nove Sindicatos da categoria houve também eleição para as novas direções durante o processo eleitoral da FENAJ. No Sindicato do Mato Grosso do Sul, em eleição realizada no dia 28 de junho, foi eleita a chapa presidida por Marta Ferreira de Jesus. No Sindicato de Goiás, a chapa “Em defesa da democracia, do jornalismo e dos jornalistas goianos”, presidida por Luiz Spada, foi eleita em processo realizado nos dias 19 e 20 de julho. No Sindicato da Bahia, em pleito realizado nos dias 20 e 21 de julho, foi eleita a chapa “Jornalistas na Resistência”, presidida por Marjorie Moura. E para o Sindicato de Pernambuco, foi eleita a chapa “Somos SINJOPE”, presidida por Juliano Domingues da Silva.

Já para as direções de quatro Sindicatos de Jornalistas os processos eleitorais contaram com duas chapas. No Sindicato do Ceará foi eleita a Chapa 1, “Jornalistas em Luta por Direitos e Democracia”, presidida por Samira de Castro. No Rio Grande do Norte a eleição foi realizada no dia 8 de julho e foi a eleita a chapa 1, “Sou Sindjorn, Nova Luta! Novamente!”, presidida por Breno Perruci.  No Sindicato do Município do Rio de Janeiro a vencedora foi a chapa 4, ”Plural – Em Defesa do Jornalista Profissional”, e a direção da entidade é colegiada. Já no Rio Grande do Sul foi eleita a chapa 1, “Orgulho de Ser Jornalista”, presidida por Milton Simas.