Demissão da presidenta da Comissão Eleitoral é ataque à organização dos jornalistas do Pará

155

A Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ), entidade máxima de representação das operárias e operários da notícia no Brasil, vem a público manifestar solidariedade à jornalista Enize Vidigal, presidenta da Comissão Eleitoral que organiza o pleito para escolha da diretoria do Sindicato dos Jornalistas do Pará (Sinjor-PA).

Depois de mais de 20 anos de atuação como repórter de O Liberal, onde sempre se pautou pela ética e comprometimento com a profissão, Enize foi demitida arbitrariamente, nesta segunda-feira (6/11), em meio ao processo eleitoral que ocorre no Estado.

A demissão de Enize Vidigal constitui não só prática antissindical mas um grave ataque do Grupo Liberal à organização sindical dos jornalistas paraenses e brasileiros. Neste sentido, repudiamos todo e qualquer ato vindo da patronal para tentar impedir a livre organização da categoria.

Não há como tolerar, sob a égide de um Estado Democrático de Direito, que atos arbitrários, como o praticado pelo Grupo Liberal contra a presidenta da Comissão Eleitoral, sejam, ainda hoje, perpetrados.

Brasília, 7 de novembro de 2023

Diretoria da FENAJ