Jornalistas do Rio de Janeiro decidem paralisação por reajuste

591

Mais de três meses após a data-base (1 de fevereiro) e sem que a negociação avance, jornalistas do Rio de Janeiro decidem realizar paralisação. No próximo dia 25/05, quarta-feira, as redações dos principais jornais e revistas do Rio vão suspender o trabalho por duas horas.

A decisão foi tomada em assembleia realizada pelo Sindicato dos Jornalistas com 135 participantes na última segunda-feira (16/05).

Os profissionais do segmento impresso/revistas e mídias digitais, entre eles jornalistas de O Globo, Extra, Valor Econômico, O Dia, Lance e de revistas da Editora Globo, entre outros, iniciam um processo de mobilização com participação também de jornalistas do Distrito Federal.

O clima é de revolta com a proposta dos patrões de reajuste de apenas 3,5% somente para os salários, sem retroatividade. No período, a inflação é de 10,60%.

O Sindicato dos Jornalistas do Rio de Janeiro alerta que a paralisação de duas horas é uma sinalização de que os jornalistas não abrem mão da reposição da inflação.

O recado é claro: jornalistas não abrem mão da reposição de 100% da inflação.