Solidariedade ao jornalista Álvaro de Castro, agredido por atleta do Fluminense

27

O Sindicato dos Jornalistas de Goiás e a Federação Nacional dos Jornalistas – FENAJ – vêm, publicamente, se solidarizar com o jornalista Álvaro de Castro, profissional integro e que exerce atividade de assessor de imprensa do Atlético Clube Goianiense.

O jornalista foi covardemente agredido pelas costas após o termino do jogo entre o Atlético Goianiense e Fluminense realizado ano dia 15 de junho passado, na cidade do Rio de Janeiro, por um atleta carioca com longo histórico de agressões e truculência. O jornalista estava fora do campo de jogo e foi empurrado com violência, invadindo assim o local, mas sem qualquer intenção de fazê-lo.

Para a surpresa de todos, no julgamento dos dois realizado no dia 3 de julho pelo STJD – Superior Tribunal de Justiça Desportiva, o atleta foi suspenso em apenas 1 jogo e o jornalista suspenso em 15 dias, sob a alegação de que teria “invadido” o campo. Invasão essa que somente ocorreu devido a agressão covarde e pelas costas. Há uma clara inversão de valores e, mais uma vez, fica evidente a máxima de que “caso se tenha aplicado a lei, não se fez justiça”.

Goiânia, 4 de julho de 2024

A Diretoria