Home Prêmios

Prêmios

Premiação com foco em reportagens sobre o agronegócio está com inscrições abertas

Os vencedores receberão como prêmio a participação no ONE: Simpósio de Ideias Alltech, que ocorre nos Estados Unidos em maio

Jornalistas de todo o Brasil já podem inscrever suas reportagens na quinta edição do Prêmio Alltech de Jornalismo. Os conteúdos deverão ser enviados até o dia 19 de março e deverão abordar a inovação no agronegócio dentro das categorias Criação e Nutrição Animal e Agricultura. O vencedor de cada uma delas ganhará uma viagem, com todas as despesas pagas, para acompanhar o ONE: Simpósio de Ideias da Alltech. O evento global, que será realizado entre os dias 17 a 19 de maio, em Lexington – Kentucky (EUA), apresenta soluções para superar os desafios nas diversas esferas do setor agroalimentar.

Podem ser inscritas reportagens de diversos veículos de mídia, como televisão, rádio, jornal impresso, revista, portais online, além de materiais multimídia. O principal objetivo da premiação é estimular e valorizar a produção nacional de reportagens sobre temas relacionados a agricultura, criação animal, desenvolvimento de tecnologias nutricionais e digitais, acelerando o amadurecimento do setor. O prêmio é promovido pela Alltech, líder em saúde e nutrição animal e vegetal. E conta, ainda, com o apoio institucional da Associação Brasileira de Imprensa (ABI).

Acompanhar o ONE: Simpósio de Ideias Alltech permite aos jornalistas contato com as mais recentes inovações e tecnologias dentro do agronegócio, que impactam diretamente a produção e consumo de alimentos em todo o mundo. “A troca de experiências é, sem dúvida, uma das oportunidades mais interessantes para o crescimento profissional e pessoal. Ainda mais quando cientistas, comunicadores e empresários de várias partes do mundo estão reunidos num mesmo lugar. Ir a Lexington abriu meu olhar para novas pautas e, também, reforçou minha certeza de que o bom jornalismo vale a pena. E essa premiação valoriza isso”, afirma o jornalista César Dassie, da TV Globo, vencedor do Prêmio em 2019 na categoria Agricultura pela reportagem “Algodão brasileiro”.

A avaliação é reforçada pelo jornalista Edevaldo Nascimento, vencedor na categoria Criação e Nutrição Animal pela reportagem “Pecuaristas do Pantanal de MS apostam na criação orgânica e sustentável” pela TV Morena. “É um momento de pura imersão num mundo de possibilidades, onde a tecnologia e a ciência caminham juntas para nos proporcionar um mundo melhor. O compartilhamento de informações e o contato cultural com profissionais de várias partes do globo foi um presente à parte. Espero ver outros colegas aproveitando da mesma conquista”, conta.

Como participar

Podem concorrer reportagens produzidas por jornalistas profissionais, veiculadas entre 26 de março de 2019 e 19 de março de 2020 na imprensa brasileira. O formulário de inscrição, assim como o regulamento completo, está disponível no http://go.alltech.com/br/premiojornalismo2020. Serão aceitas até cinco matérias por autor e cada uma deverá ser enviada em formulário separado.

Os finalistas em cada categoria serão divulgados no dia 31 de março e os vencedores serão anunciados ao público entre os dias 17 e 19 de maio, durante o Simpósio internacional da Alltech. O prêmio é uma promoção autorizada pelo SCPC, Sistema de Controle de Promoção Comercial na forma da legislação em vigor.

SERVIÇO
Prêmio Alltech de Jornalismo 2020
Informações e inscrições: Até 19 de março de 2020 no site
http://go.alltech.com/br/premiojornalismo2020

————————————————

Semear Internacional lança concurso de jornalismo.

 

Ao todo, serão R$ 80 mil em prêmios para reportagens veiculadas em rádio, TV, impresso e internet até 30 de junho de 2020 sobre boas práticas rurais desenvolvidas pelo projeto

Salvador, 13 de janeiro de 2020. O Programa Semear Internacional lança em 2020 a primeira edição do Prêmio Semear Internacional de Jornalismo, que vai escolher as melhores reportagens sobre boas práticas rurais desenvolvidas pelos projetos apoiados pelo Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola (FIDA) no Brasil, nos nove estados nordestinos, além de Minas Gerais e Espírito Santo. O objetivo é dar mais visibilidade a essas ações e os impactos positivos que elas causam na vida de agricultores e agricultoras familiares, tanto do semiárido nordestino como de todo o Brasil.

O concurso é voltado para profissionais de imprensa e as reportagens precisam ter sido veiculadas em canais da mídia local e/ou nacional – sejam eles públicos ou privados. São quatro categorias: impresso, que premiará matérias e artigos publicados em jornais e revistas; televisão, que selecionará produções exibidas em canais – abertos ou fechados – de TV; rádio, que escolherá conteúdo transmitido em estações AM ou FM; e internet, que destacará textos postados na mídia on-line e de perfil jornalístico.

Poderão concorrer as reportagens veiculadas entre os dias 15 de janeiro de 2020 e 30 de junho de 2020, que abordem temas como: técnicas de beneficiamento de produtos, comercialização de produtos da agricultura familiar, mudanças e impactos positivos nas comunidades atendidas pelos projetos financiados pelo FIDA, protagonismo de jovens rurais, ações focadas em gênero e empoderamento feminino na zona rural, além de trabalhos voltados a quilombolas e indígenas.

A comissão julgadora – formada por dois integrantes do Semear Internacional e três convidados – escolherá dois trabalhos de cada categoria. O primeiro lugar de cada categoria recebe, além do troféu e do certificado, um prêmio no valor de R$ 12.500,00. Já o segundo lugar recebe, cada um, a quantia de R$ 5.000,00. Em caso de empate, o prêmio será divido igualmente entre os concorrentes que empataram.

As inscrições serão abertas no dia 1º de abril e vão até 15 de julho de 2020. Para participar, é preciso preencher um formulário e enviá-lo, junto com a reportagem, pelos

Correios à Coordenação do Programa Semear Internacional, no endereço: Rua da Graça 164, Graça, Salvador, Bahia, CEP 40150-055, seguindo as orientações de postagem descritas no edital.

Só serão aceitas inscrições recebidas até o dia 15 de julho de 2020. Então, é importante o candidato se programar para enviar o material com antecedência.

Cada participante poderá inscrever até três reportagens em cada categoria. O resultado do Prêmio de Jornalismo será informado aos vencedores por e-mail e divulgado nos canais de comunicação do Semear Internacional.

Baixe aqui o Edital: edital_premio jornalismo PSI Acesse aqui o formulário de Inscrição: PRÊMIO SEMEAR INTERNACIONAL DE JORNALISMO_formulário inscrição

Acesse aqui para saber mais sobre os projetos : Projetos FIDA no Brasil

Sobre o Semear Internacional

O Semear Internacional é um programa do Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola (FIDA) e implementado pelo Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA).

Seu objetivo é promover a gestão do conhecimento em zonas semiáridas do Nordeste do Brasil, facilitando o acesso a saberes, inovações e boas práticas que possam ser adotados e replicados pela população rural para melhorar suas condições de vida e promover o desenvolvimento sustentável e equitativo da região.

Sobre o FIDA

O FIDA é uma instituição financeira internacional e uma agência especializada das Nações Unidas com sede em Roma. Investe na população rural, empoderando-a para reduzir a pobreza, aumentar a segurança alimentar, melhorar a nutrição e fortalecer a resiliência. No Brasil desde 1980, as operações financiadas pelo FIDA no Brasil incluem seis projetos que beneficiam mais de 250 mil famílias.

————————————————

Instituto Brasil África lança concurso para premiar melhores reportagens sobre África

O IBRAF vai premiar os melhores trabalhos que apresentem uma perspectiva contemporânea da África, explorando o desenvolvimento, os desafios, as oportunidades e as soluções, de preferência com a participação de pessoas e organizações brasileiras dentro do âmbito da Cooperação Sul-Sul e da Cooperação Triangular.

O concurso premiará reportagens veiculadas entre os dias 1° janeiro de 2019 e 30 de junho de 2020 e está dividido em quatro categorias: Jornalismo Impresso, para reportagens publicadas em jornal ou revista; TV, para reportagens veiculadas em emissoras de televisão ou em canais jornalísticos de plataformas digitais, como o YouTube; Rádio: para reportagens publicadas em emissoras de rádio ou podcasts; e Web, para reportagens publicadas em sites, portais ou blogs.

Aberto para jornalistas de todos os Estados brasileiros  registrados no Sistema de Informatizado do Registro Profissional da Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia, os vencedores são anunciados no dia 2 de outubro de 2020. A premiação será de 5 mil reais para cada uma das categorias.

As inscrições devem ser realizadas através do preenchimento do formulário eletrônico disponível no site do IBRAF. Cada autor pode concorrer com até três trabalhos, desde que sejam em categorias diferentes.

Os trabalhos serão avaliados por uma comissão julgadora externa quanto a sua qualidade técnica de forma e conteúdo, abordagem, fontes, relevância, contextualização, propostas de solução, originalidade e criatividade.

Para mais informações acesso o site (www.ibraf.org/premio)

Serviço
I Prêmio IBRAF de Jornalismo
Inscrições: 01/02 a 30/06
Premiação: 2 de outubro
Site e edital: www.ibraf.org/premio

————————————————

 

Prêmio Pé Vermelho de Reportagem

Já estão abertas as inscrições para o 1º Prêmio Pé Vermelho de Reportagem. Esta é uma ação idealizada e organizada pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Norte do Paraná (Sindijor Norte PR). Tem como objetivo resgatar a reportagem como essência do jornalismo, valorizando a informação em profundidade e incentivando a prática da reportagem nas escolas de Jornalismo. O Prêmio é voltado a estudantes de Jornalismo de faculdades e universidades do Paraná, incluindo recém-formados, com trabalhos produzidos entre janeiro e dezembro de 2019.

É dividido em quatro categorias: Reportagem para Jornal Impresso, Reportagem para Televisão, Reportagem para Rádio e Reportagem para Internet. As inscrições podem ser feitas por meio do endereço eletrônico: www.jornalistasnortepr.org.br/pevermelho. Os três primeiros colocados de cada categoria recebem troféu e certificado. Orientadores (professor ou professores) recebem certificados pela contribuição. Como forma de estímulo, o estudante que ficar em primeiro lugar em cada categoria também vai receber um prêmio em dinheiro de R$ 250.

“É a primeira vez que o Sindijor Norte PR promove uma premiação desse tipo. Queremos que os estudantes pratiquem jornalismo com responsabilidade e conheçam mais sobre a profissão, se integrando também ao Sindicato, ajudando a fazer a diferença para todo um coletivo”, diz Danilo Marconi, presidente do Sindijor Norte PR.

Ei você, estudante, produziu um trabalho legal em 2019? Inscreva-se no 1º Prêmio Pé Vermelho de Reportagem! O prazo máximo para envio de reportagens é 15 de março.

 

————————————————

Inscrições para o Prêmio Nacional de Jornalismo Ambiental Chico Mendes estão abertas até o dia   10/2 

O Prêmio Nacional de Jornalismo Ambiental Chico Mendes está com inscrições  abertas até o dia 10 de fevereiro de 2020. Promovido pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro e   lançado  através da Fundação de Arte de Niterói (FAN),   o concurso vai premiar as melhores matérias sobre o tema ambiental, publicadas em jornais, rádios, revistas, TVs e redes sociais, em veículos brasileiros. O regulamento prevê também a participação de universitários. O vencedor em cada categoria receberá um prêmio de R$ 5 mil.

 As inscrições gratuitas deverão feitas via carta registrada, Sedex ou na sede da Fundação de Artes de Niterói, Rua Presidente Pedreira, 98,Ingá, Niterói (RJ), CEP 24210-470. Maiores informações podem ser obtidas pelo telefone: (21) 2719-9900, ramal 226, de 10 às 17 h, pelo telefone 7222144 ( Sindicato) e pelo email: jornalistasfluminenses@gmail.com ou pelo Site do Sindicato: sindicatojornalistas.org.br

 Uma comissão formada por jornalistas e especialistas em Meio Ambiente escolherá as melhores reportagens.  sobre a importância de se valorizar o trabalho do jornalismo para a causa ambiental.

Para o presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro, Mário Sousa,  o Prêmio é uma oportunidade que se abre para os jornalistas colocarem em pauta uma questão tão importante e urgente no País.

O jornalista e escritor Zuenir Ventura, autor do livro “Chico Mendes – Crime e Castigo”, que reúne reportagens escritas por ele a respeito do ambientalismo, disse que  a criação do prêmio é uma bela iniciativa para valorizar uma questão tão importante. “A morte de Chico Mendes não foi em vão”, destacou.

“Esse prêmio ressalta a importância da união de todos para continuar esse legado de preservação do meio ambiente”, afirma Angélica, neta de Chico Mendes,  que nasceu poucos meses após a morte do avô.

————————————————

2º Prêmio Femipa de Jornalismo em Gestão da Saúde

A Federação das Santas Casas de Misericórdia e Hospitais Beneficentes do Estado do Paraná (Femipa) está com inscrições abertas para o 2º Prêmio Femipa de Jornalismo em Gestão da Saúde, que foi criado para reconhecer a excelência e estimular a cobertura jornalística de qualidade relacionada à gestão da saúde no Estado do Paraná. Serão aceitos trabalhos jornalísticos produzidos por um ou mais profissionais, que tenham sido publicados/veiculados entre 01 de fevereiro de 2019 e 15 de janeiro de 2020.

As inscrições podem ser feitas até o dia 31 de janeiro. A premiação está prevista para março de 2020, com a divulgação da data no site www.femipa.org.br e por e-mail, aos candidatos devidamente inscritos.

Poderão concorrer ao prêmio matérias jornalísticas relacionadas ao tema “Gestão da Saúde no Paraná: o exemplo de quem vai além”, que envolvam questões como gestão hospitalar; gestão de pessoas; gestão da assistência e segurança do paciente; inovação; tecnologia; políticas públicas de Saúde; compliance; sustentabilidade econômico-financeira; empreendedorismo.

Serão quatro categorias: Impresso (jornais e revistas); Internet (blogs, sites e portais); Rádio; e Televisão. O primeiro lugar de cada categoria receberá como prêmio R$ 3.000,00 + certificado + troféu. Já o segundo será contemplado com um e-READER + certificado. Por fim, o terceiro colocado receberá certificado de participação.

O regulamento pode ser acessado no link a seguir: http://www.femipa.org.br/wp-content/uploads/2019/09/2%C2%BA-premio-de-jornalismo-regulamento.pdf. No arquivo, está descrito que o prazo de inscrições se encerraria no dia 15 de janeiro. Porém, as inscrições foram prorrogadas, com anúncio no site da Federação.

————————————————

Câmara de Itapevi lança curso e prêmio Ricardo Boechat de jornalismo político

Inscrições para a premiação estão abertas até 30 de agosto de 2019

Em reconhecimento ao trabalho jornalístico do âncora da TV Bandeirantes e da rádio Band News FM, Ricardo Boechat, a Câmara Municipal de Itapevi lança o Curso e Prêmio Ricardo Boechat de Jornalismo Político, destinado a estudantes de jornalismo e jornalistas recém-formados a partir de 2015.

A ação, gratuita, está com inscrições abertas para a primeira edição, a partir do dia 19 de junho, no site www.camaraitapevi.sp.gov.r/escola.

O curso e prêmio serão desenvolvidos pela Escola do Parlamento Dr. Osmar de Souza, em parceria, com a Cátedra UNESCO/UMESP de Comunicação para o Desenvolvimento Regional e o grupo de pesquisa “Jornalismo Humanitário e Media Interventions, tendo como objetivo contribuir para o aprimoramento da cobertura da pauta política, alinhado às novas formas de produção e veiculação de conteúdo em plataforma multimídia.

O curso terá 60 vagas destinas a estudantes e recém-formados, além de mais cinco vagas destinadas a jornalistas de outros países refugiados no Brasil, para que eles conheçam o sistema político do país.  Dividido em duas fases, os participantes terão aulas com professores especialistas, mestres e doutores em áreas afins ao jornalismo e política, na primeira fase, durante os meses de setembro a dezembro de 2019.

Na segunda fase, de janeiro a abril de 2020, os participantes terão aulas práticas, em coletivo e ministradas por profissionais de comunicação para elaborar as pautas que concorrerão ao prêmio em 1º de junho de 2020.

As reportagens produzidas pelos coletivos serão premiadas nas seguintes categorias: Pauta, Artigo de Política, Crônica, Editorial de Política, Reportagem, Notícia, Fotojornalismo e Edição.

O Curso e Prêmio Ricardo Boechat de Jornalismo Político foi criado por meio da Resolução 4/2019, de autoria dos vereadores Professor Rafael (Pode), Eduardo Kiko (Pode), Aparecido (Pode), Chambinho (PL) e Thiaguinho (PSL).

Apoios: Associação Brasileira das Escolas do Legislativo e de Cotas (ABEL), Associação Paulista de Escolas do Legislativo e Contas (APEL), Federação Nacional dos Servidores dos Legislativos e dos Tribunais de Contas Municipais (Fenalegis), Senado Federal, RDX Comunicação, Digital 5, União dos Vereadores do Estado de São Paulo (UVESP), Fundação Escola de Sociologia Política do Estado de São Paulo (FESPSP) e Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE).

Serviço
Curso e Prêmio Ricardo Boechat de Jornalismo Político
Vagas: 60 para estudantes de jornalismo e jornalistas recém-formados a partir de 2015 e mais 5 vagas para jornalistas refugiados.
Inscrições: 19 de junho a 30 de agosto de 2019.
Site para inscrição: www.camaraitapevi.sp.gov.br/escola
Curso: 14 de setembro a 14 de dezembro
Aulas práticas: 11 de janeiro de 2020 a 18 de abril.
Premiação: 1º de junho de 2020

————————————————