Home Prêmios

Prêmios

Prêmio Nacional de Jornalismo em Seguros 2020: inscrições abrem nesta quarta-feira

Quinta edição do Prêmio, realizado pela ENS e Fenacor, terá categoria especial sobre Formação e Qualificação Profissional

O Prêmio Nacional de Jornalismo em Seguros chega à quinta edição em 2020, com novidades para os profissionais de imprensa de todo o país. As inscrições serão abertas nesta quarta-feira, 1º de julho, e podem ser feitas até 16 de novembro. O Prêmio é uma realização conjunta da Escola de Negócios e Seguros (ENS) e da Federação Nacional dos Corretores de Seguros (Fenacor), com apoio institucional da CNseg.

Esta edição terá cinco categorias em disputa. Quatro delas já são conhecidas dos jornalistas: Mídia Impressa, Audiovisual (incluindo Rádio e TV), Webjornalismo e Imprensa Especializada do Mercado de Seguros.  A quinta categoria será Formação e Qualificação Profissional, criada especialmente para estimular reportagens cujo foco central seja a qualificação, a capacitação e o treinamento dos profissionais do setor de seguros, previdência e capitalização.

Poderão concorrer nessa categoria reportagens e artigos publicados e/ou veiculados na mídia impressa, rádio, TV, Websites e na Imprensa Especializada, que versem sobre ações desenvolvidas por instituições e empresas do mercado com o objetivo de preparar os profissionais do setor para atender, com agilidade, qualidade e eficiência, as novas demandas dos consumidores brasileiros.

Cada categoria terá cinco finalistas, escolhidos pela Comissão de Seleção do Prêmio. Serão premiados os três melhores trabalhos. Poderão ser inscritas reportagens e matérias veiculadas entre 11 de novembro de 2019 e 15 de novembro de 2020. As premiações foram distribuídas da seguinte maneira: R$ 15 mil para o primeiro colocado, R$ 6 mil para o segundo e R$ 3 mil para o terceiro.

Desde 2016, o Prêmio tem se consolidado como um reconhecimento aos profissionais de imprensa que cobrem um setor estratégico para o Brasil. Nas quatro primeiras edições, foram mais de 2.700 trabalhos inscritos. Este ano, em virtude da pandemia de Covid-19, o Prêmio passou por ajustes. A cerimônia de premiação deve ocorrer entre dezembro e fevereiro próximos. Até novembro, ENS e Fenacor vão anunciar se a premiação será presencial ou via Web.

As inscrições e o regulamento completo do Prêmio estão disponíveis nos links www.fenacor.org.br/premiodejornalismo e www.ens.edu.br/pt/Eventos/premiodejornalismo

————————————————

Prêmio ABAG/RP de Jornalismo José Hamilton Ribeiro edição 2020
Inscrições estão abertas, as premiações somam R$ 53.000,00

O Prêmio ABAG/RP de Jornalismo José Hamilton Ribeiro, promovido pela Associação Brasileira do Agronegócio da Região de Ribeirão Preto, chega à 13ª edição. Criado para estimular e reconhecer o trabalho de profissionais do jornalismo, e para aproximar os futuros jornalistas da realidade do Agro, foram abertas as inscrições para as duas categorias: Profissional e Jovem Talento.

Na Categoria Profissional podem participar jornalistas de todos os estados brasileiros, desde que suas matérias contemplem pautas sobre o agronegócio paulista, sendo admitidas citações ou referências a outros estados ou países. A Categoria Profissional abarca 4 Modalidades: Internet, Jornal Impresso, Revista Impressa e TV. A premiação para o vencedor, em cada modalidade, é de R$ 10.000,00 (dez mil reais), a deduzir impostos. Poderão ser inscritas matérias publicadas entre 15 de outubro de 2019 e 10 de novembro de 2020.

Os estudantes de jornalismo concorrem na Categoria Jovem Talento. Para eles a inscrição de matérias está condicionada à participação no Ciclo de Palestras, que por conta da pandemia será online. Em virtude do isolamento social também não serão realizadas as tradicionais visitas às empresas, porto, museus e outras organizações e equipamentos públicos e privados.

A participação nos Ciclos, além de credenciar os futuros jornalistas a inscreverem matérias, soma pontos na avaliação final. São duas modalidades: Escrita e Vídeo ou Rádio. Em cada modalidade a premiação será em vales compra, sendo: R$ 3.000,00 (três mil reais) para o 1º colocado; R$ 2.000,00 (dois mil reais) para o 2º colocado, e R$ 1.500,00 (hum mil e quinhentos reais) para o 3º colocado.

Mais informações e inscrições no site: www.abagrp.org.br

Sobre o Ciclo de Palestras
O organizado pela ABAG/RP, reunirá especialistas que são fontes de informação para a imprensa especializada em economia e agro. Eles terão a missão de apresentar os principais temas do agronegócio aos participantes.

Serão cinco eventos, nos dias 15, 16, 17, 23 e 24 de setembro, às 17 horas. A transmissão será pelo Canal do Youtube da ABAG/RP, com mediação da presidente do Conselho Diretor da ABAG/RP, Mônika Bergamaschi.

Ciclo de Palestras “Agro brasileiro: desafios e oportunidades”
Data Tema Convidado(s)
15/09/2020
17h00 às 18h00 Agronegócio: mitos e verdades Marcos Fava Neves
Professor da FEA-RP/USP

16/09/2020
17h00 às 18h30
Segurança do alimento

Inserção
Internacional do agronegócio brasileiro
Christian Lohbauer
Presidente da CropLife Brasil

Marcos Jank
Professor do INSPER

17/09/2020
17h00 às 18h00 Atribuição, ocupação e uso das terras no Brasil Evaristo Eduardo de Miranda
Chefe Geral da Embrapa Territorial

23/09/2020
17h00 às 18h30
Alimentos e bioenergia: hoje e pós pandemia José Antonio Rossato
Presidente da Coplana

Luis Carlos C. Carvalho
Diretor da Canaplan
24/09/2020
17h00 às 18h30 Ser e parecer: a imagem do Agronegócio Brasileiro Roberto Rodrigues
Coordenador da GVAgro

O Ciclo é aberto a todos os interessados, porém os estudantes que desejarem inscrever matérias terão que participar de, ao menos, um evento. A participação nos demais eventos soma pontos à nota final atribuída pela Comissão no julgamento das matérias.

Mais informações
Valéria Ribeiro
Assessora de Comunicação ABAG/RP
abagrp3@abagrp.org.br
(16) 997962446

————————————————

Abertas inscrições para a 6ª edição do Prêmio Synapsis FBH de Jornalismo 2020

Num ano em que o mundo parou por causa de um vírus, a informação (verdadeira) tornou-se a melhor arma para conter a pandemia de Covid-19. E a Premiação busca justamente valorizar e homenagear jornalistas que, ao longo deste ano, dedicaram esforços para levar a melhor informação a todos, distinguindo o que é fato do que é fake, enriquecendo o debate sobre assuntos relacionados ao sistema de saúde público ou privado.

Podem concorrer jornalistas com registro profissional, nas categorias: Impresso (jornal ou revista), Internet (sites, portais de notícias ou blogs), Rádio e TV. Serão entregues 4 (quatro) prêmios, sendo agraciado apenas o primeiro colocado de cada categoria. Cada vencedor(a) receberá o valor total líquido de R$ 15.000,00 (quinze mil reais).

O material jornalístico a ser inscrito deve, obrigatoriamente, constar como divulgado no respectivo veículo, conforme a categoria, no período de 01/10/2019 a 30/09/2020.

Inscreva-se na 6ª edição do Prêmio Synapsis FBH de Jornalismo 2020, de 7 de abril de 2020 a 30 de setembro de 2020, aqui.

Não perca tempo! Seu trabalho jornalístico já foi destaque. Agora é a sua vez de ser reconhecido e valorizado pela dedicação ao cumprir a missão de informar.
Confira o Regulamento completo.

A solenidade de premiação será realizada em data e local a serem definidos posteriormente pela FBH.

SERVIÇO:
6ª edição do Prêmio Synapsis FBH de Jornalismo, promovido pela Federação Brasileira de Hospitais (FBH).

Período de inscrição: 07/04/2020 a 30/09/2020.

Quem pode participar: jornalistas com registro profissional, nas categorias: Impresso (jornal ou revista), Internet (sites, portais de notícias ou blogs), Rádio e TV.

Premiação: serão entregues 4 (quatro) prêmios, sendo agraciado apenas o primeiro colocado de cada categoria. Cada vencedor(a) receberá o valor total líquido de R$ 15.000,00 (quinze mil reais).

Equipe Prêmio Synapsis FBH de Jornalismo 2020.

premiosynapsis@fbh.com.br
fbh.com.br/premio

————————————————

Inscrições abertas para o Prêmio 99 de Jornalismo

A terceira edição do prêmio distribuirá R 25 mil para as melhores reportagens sobre o tema “Metrópoles em Emergência”

A 99, empresa de tecnologia voltada à mobilidade urbana, está com as inscrições abertas até 20 de setembro para a terceira edição do Prêmio 99 de Jornalismo. Com o tema “Metrópoles em Emergência“, o reconhecimento distribuirá R﹩ 25 mil para os melhores conteúdos jornalísticos publicados entre 16 de setembro de 2019 a 20 de setembro de 2020 em formatos como reportagem, podcast, infográfico, ensaio fotográfico ou outros modelos de narrativas.

Criado em 2018 como uma maneira de reforçar o apoio da empresa no combate às fake news, o prêmio chega a sua terceira edição reconhecendo o jornalismo de qualidade e fomentando o debate sobre a mobilidade urbana e as cidades brasileiras.

“Nos posicionamos ativamente contra práticas que ameaçam o jornalismo e em favor dos veículos de comunicação e dos profissionais da imprensa. Acreditamos que o compromisso com a veracidade da informação tem que ser constante. E, diante da crise sem precedentes imposta pelo coronavírus, o combate às fake news e o jornalismo de qualidade se tornam ainda mais cruciais. Informações inverídicas e distorcidas podem, inclusive, colocar em risco a saúde e a vida das pessoas”, afirma Pâmela Vaiano, Diretora de Comunicação da 99.

São duas categorias: Profissionais do Jornalismo e Jovens Jornalistas – esta destinada exclusivamente aos participantes do Lab 99 + Folha de Jornalismo. Serão R﹩ 15 mil para os Profissionais do Jornalismo: R﹩ 7 mil para o primeiro lugar, R﹩ 5 mil para o segundo e R﹩ 3 mil para o terceiro.

O material inscrito pode abordar diferentes assuntos, como cidades e gestão de recursos naturais, a reinvenção de espaços públicos em momentos de crises, parcerias do poder público e sociedade civil, histórias de transformação, novas soluções tecnológicas e o impacto na vida das pessoas, assim como as mudanças impostas pela crise do coronavírus.

Já os vencedores da categoria Jovens Jornalistas serão eleitos a partir do conteúdo produzido pelos 30 participantes da oficina online de treinamento Lab 99 + Folha de Jornalismo. As três melhores reportagens serão premiadas com valores de R﹩ 5 mil para o primeiro lugar, R﹩ 3 mil para o segundo e R﹩ 2 mil, para o terceiro.

As inscrições ficam abertas até 20 de setembro, pelo site http://www.premio99dejornalismo.com.br/.

Informações à imprensa

Máquina Cohn & Wolfe

E-mail: pr@99app.com

————————————————

Prêmio Anamatra de Direitos Humanos 2020

  • OBJETIVO

Valorizar ações realizadas por pessoas físicas e jurídicas no Brasil, que estejam comprometidas com a defesa dos direitos humanos no mundo do trabalho.

  •  PARTICIPANTES

Poderão participar do Prêmio Anamatra de Direitos Humanos pessoas físicas e jurídicas que, dentro das categorias adiante especificadas, tenham desenvolvido ações concretas de promoção e defesa de direitos humanos nas relações de trabalho, atinentes à educação para o pleno exercício dos direitos sociais; ao combate a todas as formas de discriminação no mercado de trabalho; à inclusão de deficientes; ao combate ao trabalho infantil, escravo e degradante; à defesa do meio ambiente do trabalho e à defesa e promoção do trabalho decente.

  • PERÍODO DE EXECUÇÃO

As ações e os projetos inscritos deverão ter sido implementados ou executados no período de 1º de junho de 2018 a 30 de junho de 2020.

  • CATEGORIAS PARTICIPANTES

Haverá um vencedor em cada categoria, exceto na categoria “Imprensa”, em que será premiado um vencedor em cada subcategoria.

  • Categoria Cidadã: pessoas físicas e jurídicas, incluídas entidades não governamentais, e outras entidades que desenvolvam projetos e ações concretas relacionadas aos temas indicados no regulamento.
  • Categoria Imprensa: pessoas físicas que tenham veiculado, em meios de comunicação, reportagens escritas, documentários, série de matérias ou fotografias relacionadas aos temas indicados no regulamento, nas seguintes subcategorias:

      – Mídia Impressa (jornal e revista) ou eletrônica (internet);

      – Televisão;

      – Rádio;

      – Fotografia Impressa (jornal e revista) ou eletrônica (internet).

  • Categoria Programa Trabalho, Justiça e Cidadania: alunos, professores e/ou escolas que promovam ações cidadãs e práticas de disseminação dos ideais de justiça social, por meio da aplicação do Programa “Trabalho, Justiça e Cidadania” da Anamatra, observada a temática indicada no regulamento.

Não serão aceitos trabalhos, entre eles pesquisas, artigos, monografias, dissertações e teses, que tenham sido utilizados para fins acadêmicos, junto às universidades de vinculação do participante.

  • INSCRIÇÃO

Atenção! Leia atentamente o regulamento, pois algumas regras mudaram em relação à edição anterior. Trabalhos enviados de formas diferentes das que estão descritas no regulamento não serão considerados e estarão, automaticamente, desclassificados.

preenchimento do formulário de inscrição e a inclusão dos demais documentos necessários em cada categoria/subcategoria deverão ser realizados neste siteno botão IR PARA O FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO, no período de 1º de julho a 30 de agosto de 2020. Não serão aceitas inscrições fora do prazo estabelecido.

Uma vez em que o formulário for preenchido e enviado, não será mais possível fazer edição de texto em nenhum campo e nem nos arquivos e/ou links encaminhados. As inscrições repetidas, no intuito de corrigir possíveis equívocos de preenchimento ou encaminhamento de arquivos/links, serão automaticamente desconsideradas, sendo levada para avaliação da comissão julgadora a inscrição com data e/ou horário de envio mais antigo.

São de responsabilidade do participante as possíveis falhas na visualização dos documentos por ele inseridos, sejam por link ou upload, e que impossibilitem a avaliação da comissão julgadora e, consequentemente, do júri qualificado.

  • CONTATO EM CASO DE DÚVIDA

Dúvidas poderão ser esclarecidas exclusivamente por e-mail, no endereço premiodh@anamatra.org.br ou por WhatsApp, no número (61) 99995-9503. Este número será utilizado exclusivamente para respostas via aplicativo e funcionará de segunda à sexta-feira, das 10h às 17h.

  • RESULTADO

A relação dos finalistas do Prêmio Anamatra de Direitos Humanos 2020 em todas as categorias e subcategorias será divulgada, no site da Anamatra, no dia 13 de outubro de 2020.

  • REVELAÇÃO DOS VENCEDORES

A revelação dos vencedores do Prêmio Anamatra será realizada de maneira virtual, das 19h às 20h do dia 30 de outubro de 2020, com transmissão nas principais redes sociais da Anamatra.

https://www.anamatra.org.br/premiodh

————————————————

Prêmio ANA 2020 recebe inscrições de boas práticas em prol da água em sua edição histórica

Inscrições vão até 31 de julho e podem ser realizadas pelo hotsite da premiação para as oito categorias. Vencedores da edição de 20 anos da Agência Nacional de Águas levarão para casa o exclusivo Troféu Prêmio ANA

No  ano  em  que  completa  duas  décadas  de  atuação  na  regulação  das  águas  em  prol  do desenvolvimento do Brasil, a Agência Nacional de Águas (ANA) lança nesta segunda-feira, 6 de abril,  o  Prêmio  ANA  2020.  As  inscrições  para  a  premiação  vão  até  31  de  julho  e  podem  ser realizadas   gratuitamente   pelo   hotsite   www.ana.gov.br/premio.   Os   vencedores   das   oito categorias ganharão o Troféu Prêmio ANA. Uma novidade dessa edição histórica é que os três finalistas de cada categoria poderão utilizar em  seus materiais de divulgação o “Selo Prêmio ANA: Finalista” ou o “Selo Prêmio ANA: Vencedor”, conforme o resultado final do concurso.

A  premiação  é  realizada  pela  Agência  Nacional  de  Águas  para  reconhecer  trabalhos  que contribuem   para   a   segurança   hídrica,   gestão   e   uso   sustentável   das   águas   para   o desenvolvimento sustentável do Brasil. Segundo o regulamento do Prêmio ANA 2020,  as oito categorias em  disputa são: Governo, Empresas de Micro ou de Pequeno Porte, Empresas de Médio  ou  de  Grande  Porte,  Educação,  Pesquisa  e  Inovação  Tecnológica,  Organizações  Civis, Comunicação e Entes do Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos (SINGREH).

Dentre as categorias, o Prêmio ANA 2020 teve algumas mudanças em relação à última edição, realizada em 2017. As três categorias segmentadas de imprensa (Impressos e Sites, Rádio e TV) foram agrupadas em Comunicação, que tem um formulário de inscrição específico. Além disso, os conteúdos e materiais jornalísticos precisam ter sido veiculados a partir de 1º de julho de 2017.

Já a categoria Ensino foi substituída por Educação, que agora aceita projetos e iniciativas de entidades de ensino não formal, como museus, centros culturais, de ciências, de educação ambiental, bibliotecas, jardins botânicos, zoológicos e planetários. Além disso, continuam podendo   participar   estudantes   e   profissionais   de   instituições   de   ensino   médio   e fundamental.

Outra  novidade  foi  a inclusão  da categoria  Entes  do  Sistema  Nacional  de  Gerenciamento  de Recursos Hídricos, acrescentada para valorizar as ações de órgãos gestores de recursos hídricos, conselhos de recursos hídricos, comitês de bacias hidrográficas, agências de água e entidades delegatárias das funções de agências de água.

O Prêmio ANA 2020 terá uma Comissão Julgadora composta por oito membros externos à ANA e  com  notório  saber  na  área  de  recursos  hídricos,  meio  ambiente  ou  comunicação.  Um representante da Agência presidirá o grupo, mas sem direito a voto. Os critérios de avaliação dos trabalhos levarão em consideração os seguintes aspectos: efetividade, inovação, impactos social  e  ambiental,  potencial  de  difusão,  sustentabilidade  e  adesão  social.  Para  a  categoria Comunicação, o critério de sustentabilidade não será aplicável.

A Comissão Julgadora selecionará três iniciativas finalistas e a vencedora de cada uma das oito categorias.  Os  vencedores  serão  conhecidos  em  solenidade  de  premiação  em  data  e  local  a serem definidos. Para recebimento do Prêmio ANA 2020, o participante deverá comprovar estar regularizado  junto  ao  poder  concedente,  quando  couber,  no  caso  de  regiões  que  tenham  o sistema de regulação dos usos de recursos hídricos esteja implantado.

As inscrições devem ser realizadas totalmente pelo hotsite do Prêmio ANA e não serão aceitos materiais em meio físico, já que a Agência Nacional de Águas adota uma política de papel zero. Cada participante pode inscrever mais de uma iniciativa. Além disso, poderão ser apresentados trabalhos  indicados  por  terceiros,  desde  que  acompanhados  de  declaração  assinada  pelo indicado, concordando com a indicação e com o regulamento da premiação.

O Prêmio ANA
Criado  há  14  anos  pela  Agência  Nacional  de  Águas  para  reconhecer  as  melhores  práticas  e iniciativas voltadas ao cuidado das águas do Brasil, o Prêmio ANA é a mais tradicional premiação do setor de águas do Brasil e já contabilizou mais de 2,2 mil trabalhos inscritos e premiou 40 projetos,   de   todas   as   regiões   do   Brasil,   que   se   destacaram   pela   sua   contribuição   ao desenvolvimento do País. Conheça todos os vencedores e finalistas da premiação no Banco de Projetos.

Cronograma

  • Inscrições: até 31 de julho de 2020;
  • Divulgação dos finalistas: 10 de novembro de 2020; e
  • Anúncio dos vencedores: previsto para o início de dezembro de 2020.

Assessoria de Comunicação Social (ASCOM)
Agência Nacional de Águas (ANA)
(61) 2109-5495/5129/5103
www.ana.gov.br | Facebook | Instagram | LinkedIn | Twitter | YouTube

————————————————

Prorrogadas as inscrições para o Prêmio IBRAF de Jornalismo

————————————————