Home Prêmios

Prêmios

Inscrições para o 10º Prêmio de Jornalismo do Ministério Público do Estado do Acre estão abertas até 22 de novembro

O tema dessa edição será “uma década conectando cidadania à notícia”, cujo propósito é lembrar os 10 anos da iniciativa do MP acriano 

O Prêmio de Jornalismo do Ministério Público do Estado do Acre está com inscrições abertas até o dia 22 de novembro. Podem se inscrever profissionais da imprensa de todo pais com trabalhos em rádio, TV, jornal impresso, internet e fotografia e que tenham como pauta algum tema que envolva o MPAC.

O tema desta edição será “uma década conectando cidadania à notícia”, cujo propósito é lembrar os 10 anos da iniciativa do MP acriano que já foi até reconhecida pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) como referência em relacionamento com a imprensa. Com essa proposta, o MPAC quer mostrar os avanços de sua atuação, nas diversas áreas, seja na esfera judicial, seja na esfera extrajudicial, durante uma década.

Coordenado pela Diretoria de Comunicação do MPAC, a 10ª edição do Prêmio de Jornalismo contemplará publicações que tenham sido veiculadas a partir do dia 13 de janeiro de 2019 em veículos com atividade nos últimos 12 meses. Podem participar profissionais de comunicação com registro profissional e acadêmicos de comunicação.

Cada jornalista ou estudante poderá concorrer com três trabalhos nas categorias: jornalismo impresso, telejornalismo, radiojornalismo, webjornalismo fotojornalismo e destaque acadêmico. O formulário e o regulamento do concurso estão disponíveis no site premiodejornalismo.mpac.mp.br

A entrega da premiação será no dia 13 de dezembro, no Palácio do Comércio em Rio Branco, capital do Acre.

————————————————

Inscrições para a 5ª edição do Prêmio Synapsis FBH de Jornalismo estão abertas até 30 de setembro

A Federação Brasileira de Hospitais busca estimular o debate propositivo sobre o sistema de saúde brasileiro premiando jornalistas que escreverem as melhores reportagens de TV, Rádio, Impresso e Internet 

Prepare as suas pautas, produza o seu melhor conteúdo sobre a saúde no Brasil e participe do Prêmio Synapsis FBH de Jornalismo 2019. O desafio é dado pela Federação Brasileira de Hospitais (FBH), entidade representativa que há cinco décadas se dedica à missão de defender e fortalecer a política de atenção hospitalar no país. O objetivo de premiar jornalistas é estimular o debate propositivo sobre o sistema de saúde brasileiro. As inscrições estão abertas até 30 de setembro de 2019.

 

A FBH luta por uma política hospitalar adequada, capaz de fazer frente às necessidades da sociedade, e o Prêmio Synapsis FBH de Jornalismo nasceu com o propósito de estender o debate sobre a temática, além de reconhecer, valorizar e difundir trabalhos inéditos de jornalismo.

Em sua 5ª edição, o Prêmio Synapsis reconhece matérias, artigos e reportagens que apontem soluções, referências e reflexões que possam ser aplicadas na melhoria do setor. São quatro categorias: TV, Rádio, Impresso e Internet. O candidato pode participar com até três matérias, sendo temas diferentes para cada categoria. Além disso, também pode inscrever trabalhos publicados de 01/10/2018 a 30/09/2019.

O Prêmio Synapsis é reconhecido por toda a imprensa nacional e pelas entidades representativas do setor hospitalar brasileiro. Tenha você também a sua reportagem representada nacionalmente e seja premiado com R$ 10 mil, para cada categoria.

Venha conhecer o regulamento do prêmio mais importante na área da saúde. As informações estão disponíveis no site fbh.com.br/premio-synapsis. O julgamento dos trabalhos inscritos será realizado por jornalistas profissionais da imprensa nacional. A premiação acontece no dia 12 de novembro de 2019, em Brasília/DF.

Siga nossos canais nas mídias sociais e fique por dentro de tudo:

https://www.facebook.com/premiosynapsis2019/
https://www.instagram.com/premiosynapsisfbh/?igshid=ehmfgx27aqso
https://www.linkedin.com/in/premio-synapsis-b43183170/detail/recent-activity/shares/
https://twitter.com/premiosynapsis

————————————————

1º Prêmio Justiça do Trabalho de Jornalismo

Estão abertas as inscrições para o Prêmio Justiça do Trabalho de Jornalismo, que premiará reportagens individuais ou em série sobre a temática do trabalho infantil e das formas de combatê-lo, nas modalidades jornalismo impresso, radiojornalismo, telejornalismo, webjornalismo e fotojornalismo. Os primeiros colocados de cada categoria receberão prêmio de R$ 10 mil, troféu e certificados.

Lançada em junho deste ano, a premiação tem por finalidade estimular e valorizar a produção de trabalhos jornalísticos que promovam a reflexão e a conscientização sobre o trabalho e suas relações e reconhecer a importância da imprensa na difusão de informações relevantes para a sociedade.

Tema
Dentro da temática do trabalho infantil, as reportagens deverão evidenciar pelo menos uma dessas abordagens: a conscientização da sociedade sobre a existência do trabalho infantil; o impacto negativo para a sociedade e as consequências do trabalho na infância para o indivíduo; medidas de enfrentamento ao trabalho infantil, por meio de políticas públicas, programas sociais e ações educativas, entre outras; perspectivas de prevenção e erradicação do trabalho infantil e de proteção ao adolescente; e valorização da aprendizagem para a redução do trabalho informal na adolescência.

Inscrições
As inscrições estão abertas até 16/9 no site http://www.tst.jus.br/web/guest/premiojornalismo

————————————————

2º Prêmio Conif de Jornalismo

As inscrições para a segunda edição do Prêmio Conif de Jornalismo vão até dia 31 de dezembro de 2019. O vencedor de cada categoria receberá o valor de R$ 9.000, totalizando R$ 45 mil em premiações.

A novidade desta edição é que a quantidade de categorias foi ampliada. Agora contemplará profissionais de quatro tipos de mídia – impresso, televisão, rádio e internet, além daqueles que atuam nas instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica.

Este ano a premiação também destacará, dentre as temáticas, os 110 anos da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica, celebrado em 23 de setembro de 2019.

A iniciativa do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), com sede em Brasília, é incentivar a produção e veiculação de notícias acerca do papel social inovador desempenhado pelos 38 institutos federais, dois centros federais de educação tecnológica (Cefets) e o Colégio Pedro II.

Compartilhe e participe!
Acesse o site do Prêmio Conif de Jornalismo
Acesse o regulamento da premiação (anexar regulamento)

Assessoria de Comunicação
Conif
+ 55 (61) 3966-7230

————————————————

Abertas as inscrições para o Prêmio Policiais Federais de Jornalismo

Estão abertas as inscrições para a terceira edição do Prêmio Policiais Federais de Jornalismo. Os profissionais de jornalismo devem inscrever seus trabalhos pelo sitio www.premiopoliciaisfederais.com.br e poderão inscrever no máximo três trabalhos, individuais ou realizados em parceria, até o dia 30 de agosto de 2019.

Para concorrer ao Prêmio as reportagens precisam ter sido publicadas no período entre 1º de agosto de 2018 a 31 de julho de 2019. A iniciativa da Federação Nacional dos Policiais Federais e do Sindicato dos Policiais Federais no Distrito Federal vai premiar as melhores reportagens sobre Segurança Pública, publicadas em veículos de comunicação brasileiros.

Um jornalismo de qualidade é um dos principais instrumentos de uma sociedade democrática, desenvolvida e justa. Por isso, com o objetivo de valorizar e incentivar a imprensa brasileira na cobertura jornalística de um tema muito discutido atualmente, Segurança Pública, o SINDIPOL/DF em parceria com a FENAPEF lançam a terceira edição do Prêmio Policiais Federais de Jornalismo.

Além de reconhecer o papel da imprensa na agenda de desenvolvimento do país, serão distribuídos R$ 25 mil para trabalhos jornalísticos veiculados em TV, Jornais, Revistas, Rádios, Sites e Blogs. O Prêmio irá reconhecer os melhores trabalhos relacionados ao tema com seis prêmios em dinheiro distribuídos em cinco categorias: Impresso, Fotografia, Internet, Rádio e TV. O vencedor de cada categoria receberá o valor de R$ 3 mil e um prêmio máximo de R$10 mil para o trabalho que obtiver maior pontuação na avaliação da Banca Avaliadora.

Os finalistas serão anunciados no dia 21 de outubro e a cerimônia de premiação acontecerá 21 de novembro, em Brasília/DF, durante coquetel de comemoração ao Dia do Policial Federal.

Faça sua inscrição pelo endereço www.premiopoliciaisfederais.com.br. Para mais informações, envie um e-mail para contato@premiopoliciaisfederais.com.br ou ligue para (61) 3223-4903 ramal 5. 

Serão premiados trabalhos nas seguintes categorias:
Webjornalismo: reportagens publicadas na internet, portais de notícias, blogs ou redes sociais;
TV: reportagens publicadas em programas de televisão, em canais abertos ou fechados;
Impresso: reportagens publicadas em veículos de comunicação impressos, jornais ou revistas;
Rádio: reportagens publicadas em programas de rádio ou podcast;
Fotojornalismo: produção ou série fotográfica publicada na internet ou veículos impressos;
Prêmio Máximo: será escolhido o vencedor do Prêmio Policiais Federais dentre todas as categorias.

————————————————

Câmara de Itapevi lança curso e prêmio Ricardo Boechat de jornalismo político

Inscrições para a premiação estão abertas até 30 de agosto de 2019

Em reconhecimento ao trabalho jornalístico do âncora da TV Bandeirantes e da rádio Band News FM, Ricardo Boechat, a Câmara Municipal de Itapevi lança o Curso e Prêmio Ricardo Boechat de Jornalismo Político, destinado a estudantes de jornalismo e jornalistas recém-formados a partir de 2015.

A ação, gratuita, está com inscrições abertas para a primeira edição, a partir do dia 19 de junho, no site www.camaraitapevi.sp.gov.r/escola.

O curso e prêmio serão desenvolvidos pela Escola do Parlamento Dr. Osmar de Souza, em parceria, com a Cátedra UNESCO/UMESP de Comunicação para o Desenvolvimento Regional e o grupo de pesquisa “Jornalismo Humanitário e Media Interventions, tendo como objetivo contribuir para o aprimoramento da cobertura da pauta política, alinhado às novas formas de produção e veiculação de conteúdo em plataforma multimídia.

O curso terá 60 vagas destinas a estudantes e recém-formados, além de mais cinco vagas destinadas a jornalistas de outros países refugiados no Brasil, para que eles conheçam o sistema político do país.  Dividido em duas fases, os participantes terão aulas com professores especialistas, mestres e doutores em áreas afins ao jornalismo e política, na primeira fase, durante os meses de setembro a dezembro de 2019.

Na segunda fase, de janeiro a abril de 2020, os participantes terão aulas práticas, em coletivo e ministradas por profissionais de comunicação para elaborar as pautas que concorrerão ao prêmio em 1º de junho de 2020.

As reportagens produzidas pelos coletivos serão premiadas nas seguintes categorias: Pauta, Artigo de Política, Crônica, Editorial de Política, Reportagem, Notícia, Fotojornalismo e Edição.

O Curso e Prêmio Ricardo Boechat de Jornalismo Político foi criado por meio da Resolução 4/2019, de autoria dos vereadores Professor Rafael (Pode), Eduardo Kiko (Pode), Aparecido (Pode), Chambinho (PL) e Thiaguinho (PSL).

Apoios: Associação Brasileira das Escolas do Legislativo e de Cotas (ABEL), Associação Paulista de Escolas do Legislativo e Contas (APEL), Federação Nacional dos Servidores dos Legislativos e dos Tribunais de Contas Municipais (Fenalegis), Senado Federal, RDX Comunicação, Digital 5, União dos Vereadores do Estado de São Paulo (UVESP), Fundação Escola de Sociologia Política do Estado de São Paulo (FESPSP) e Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE).

Serviço
Curso e Prêmio Ricardo Boechat de Jornalismo Político
Vagas: 60 para estudantes de jornalismo e jornalistas recém-formados a partir de 2015 e mais 5 vagas para jornalistas refugiados.
Inscrições: 19 de junho a 30 de agosto de 2019.
Site para inscrição: www.camaraitapevi.sp.gov.br/escola
Curso: 14 de setembro a 14 de dezembro
Aulas práticas: 11 de janeiro de 2020 a 18 de abril.
Premiação: 1º de junho de 2020

————————————————

Inscrições abertas para o Prêmio CICV de Cobertura Humanitária Internacional

Vencedor ganhará uma viagem paga e organizada pelo Comitê Internacional da Cruz Vermelha a um país onde a instituição mantém operações

O Prêmio CICV de Cobertura Humanitária Internacional chega a sua terceira edição neste ano e busca reconhecer o trabalho de jornalistas e veículos de comunicação brasileiros que tenham se dedicado à cobertura de temas humanitários, muitos deles trabalhados pelo Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV). O objetivo desta iniciativa é incentivar a produção de mais conteúdo jornalístico de qualidade sobre temas humanitários voltados ao público brasileiro.

Serão premiadas produções jornalísticas que destaquem temas internacionais humanitários, com foco nas vítimas, publicadas entre 1º de agosto de 2018 e 31 de julho de 2019. Dentre os temas que podem ser tratados, estão a aplicação das normas do Direito Internacional Humanitário (DIH), ou seja, as normas aplicáveis na guerra, o impacto humano dos conflitos armados, ações de assistência humanitária (entrega de alimentos, de medicamentos, atenção à saúde, fornecimento de água potável), migração, refúgio, desaparecimentos em situação de conflitos armados, ataques a missões médicas e violência sexual em situação de conflitos armados.

O primeiro colocado terá a oportunidade de visitar algum local do mundo onde o CICV atua. O segundo e o terceiro lugar receberão prêmios em dinheiro. Nesta terceira edição, só haverá uma categoria de premiação – na qual poderão ser inscritas reportagens produzidas para meiosimpresso , televisão, rádio ou multimídia. O período de inscrição será entre 1° de junho a 1° de agosto de 2019. Os finalistas serão anunciados em outubro de 2019.

A banca de jurados analisará de maneira isenta o material inscrito seguindo os seguintes parâmetros: qualidade técnica; pertinência da temática ou assunto; e abordagem qualificada. Para  ler o regulamento completo e se inscrever, acesse: http://bit.ly/2InE0LV

Para mais informações:
Diogo Alcântara, CICV em Brasília, (61) 31062384, (61) 982487600 dalcantara@icrc.org
www.cicv.org.br
www.facebook.com/cicv
www.twitter.com/cicv_br
Instagram: @cicv_oficial
WhatsApp (Inscreva-se!): +55 55 61 8186 2602

————————————————

Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog  de Anistia e Direitos Humanos abre inscrições para a sua 41ª edição

Jornalistas, artistas do traço e repórteres fotográficos de todo o Brasil têm até o próximo dia 20 de julho para inscrever suas produções e concorrer ao 41º Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos. Considerado entre as mais significativas distinções jornalísticas do país, o Prêmio Vladimir Herzog tem abrangência nacional e reconhece, ano a ano, trabalhos que valorizam a Democracia e os Direitos Humanos.

Para concorrer, os candidatos devem acessar o site do Prêmio , preencher a ficha cadastral e anexar sua obra publicada ou veiculada no período compreendido entre 24 de julho de 2018 a 20 de julho de 2019, inclusive. Nesta edição, serão aceitas produções jornalísticas inscritas em SEIS categorias: 

1) Arte – ilustrações, charges, cartuns, caricaturas e quadrinhos publicados em veículos impressos ou eletrônicos
2) Fotografia – Foto ou série fotográfica publicada em veículos impressos ou eletrônicos
3) Produção jornalística em texto – Reportagens em texto publicadas em veículos impressos ou eletrônicos
4) Produção jornalística em áudio – Reportagens ou documentários em áudio
5) Produção jornalística em vídeo – Reportagens ou documentários em vídeo
6) Produção jornalística em multimídia –  Reportagens multimídia publicadas na internet 

O 41º Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos é promovido e organizado por uma comissão constituída pelas seguintes instituições: Federação Nacional dos Jornalistas – FENAJ; Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo; Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de São Paulo; Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo – ABRAJI; Centro de Informação das Nações Unidas no Brasil – UNIC Rio; Coletivo Periferia em Movimento; Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo – ECA/USP; Instituto Vladimir Herzog; Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB Nacional, Ordem dos Advogados do Brasil  – Secção São Paulo; Conectas Direitos Humanos; Ouvidoria da Polícia do Estado de São Paulo e  Sociedade Brasileira dos Estudos Interdisciplinares da Comunicação – Intercom.

CALENDÁRIO EXECUTIVO 

41º Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos

  • Regulamento e Inscrições aqui
  • Período: 27 de junho a 20 de julho de 2019
  • Júri de 1ª etapa: 1 de agosto a 15 de setembro, via sistema
  • Júri de 2ª etapa e divulgação dos vencedores: 11 de outubro, quinta-feira, em sessão pública de julgamento na Câmara Municipal de São Paulo / Sala Oscar Pedroso Horta e transmissão ao vivo pela internet, das 10h às 14h, em Auditórios on-line
  • Roda de Conversa com os Ganhadores: 24 de outubro, quinta-feira, das 14h às 18h
  • Solenidade de premiação: 24 de outubro, quinta-feira, 20h
  • Local: TUCARENA – Rua Monte Alegre, 1024, Perdizes, São Paulo

Para mais informações, acessar www.premiovladimirherzog.org

————————————————

Segunda edição do Prêmio NHR Brasil de Jornalismo terá categoria especial para reportagens sobre estigma em hanseníase

A segunda edição do Prêmio NHR Brasil de Jornalismo abre as inscrições para receber reportagens da imprensa brasileira sobre a hanseníase. O objetivo é reconhecer e estimular produções de qualidade sobre a doença no Brasil e dos diversos aspectos relacionados, como diagnóstico, transmissão e políticas públicas. Em 2019, o prêmio traz uma categoria especial: trabalhos que abordam o estigma vivenciado pelas pessoas e famílias acometidas pela doença.

As inscrições podem ser feitas a partir do dia 5 de maio, conforme termos do edital disponível no site www.nhrbrasil.org.br. Poderão concorrer ao prêmio materiais lançados entre 21 de junho de 2018 e 31 de maio de 2019, concorrendo em quatro categorias comuns (jornais e revistas, mídia online, rádio e TV) e uma categoria especial para o tema do estigma em qualquer mídia. Serão analisadas a abordagem, diversidade e qualidade de fontes consultadas, técnicas empregadas e aspectos éticos.

Apoiando projetos de combate à hanseníase no País desde a década de 1990, a NHR Brasil promove a premiação pelo segundo ano para estimular uma maior visibilidade à discussão sobre a doença no País. A organização atua em projetos nas regiões Norte e Nordeste com foco na quebra de transmissão da hanseníase, abordagens integradas para prevenção de deficiências, desenvolvimento inclusivo e redução do estigma.

O anúncio dos vencedores do Prêmio NHR Brasil de Jornalismo será feito no dia 28 de julho, durante cerimônia de abertura do 55º Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical – MedTrop, em parceria da NHR Brasil com a Sociedade Brasileira de Medicina Tropical (SBMT). A abertura do MedTrop será realizada em Belo Horizonte e contará também com a entrega do Prêmio Jornalista Tropical, que está com inscrições abertas até o dia 10 de junho por meio do site www.sbmt.org.br.

Para mais informações:
Analista de Comunicação – NHR Brasil Thaís Brito
E-mail: thais@nhrbrasil.org.br Telefone: (85) 3055.4133 / (85) 98744.8724