Sobre urgências e salários

265

Supostamente para atender exigências da liderança do PFL, o presidente da Câmara, deputado João Paulo (PT/SP) incluiu o projeto do CFJ na pauta dos projetos prioritários que devem ser votados antes do recesso parlamentar. A Diretoria da FENAJ reafirma posição já manifesta neste Boletim: O projeto de criação do Conselho Federal de Jornalismo não envolve questões de relevância nacional que justifiquem urgência e afogadilhos. Reivindicamos que a Câmara dos Deputados cumpra seu papel e assegure o debate plural e democrático. Também não aceitamos que este tema seja tratado como objeto de negociatas entre governo e oposição. É um assunto de interesse público e a partidarização do debate só contribui para a segregação da proposta e a exclusão dos setores verdadeiramente interessados nessa discussão.

Nesta edição, uma prova de que os salários e as condições de trabalho dos jornalistas brasileiros estão cada vez mais precárias. Diversos sindicatos estão em situação de intensa mobilização como em Sergipe, Tocantins, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Ceará e Acre, onde acontece uma greve. A FENAJ está acompanhando e apoiando o trabalho dos Sindicatos e pretende, já no próximo ano, montar uma estrutura capaz de assessorar e participar com maior eficiência das campanhas salariais em todo o Brasil. A Diretoria