Sindicato dos Jornalistas de São Luís repudia ataques ao jornalista Ed Wilson Ferreira de Araújo

29

SINDICATO DOS JORNALISTAS PROFISSIONAIS DE SÃO LUÍS

 O SINDJOR-SLZ vem de público manifestar seu total repúdio aos ataques, através de inverdades proferidas e ameaças veladas à sua integridade física, sofridos pelo jornalista Ed Wilson Ferreira de Araújo, professor do Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal do Maranhão, em face à sua atuação como jornalista investigativo, que desenvolve paralelamente as suas atividades docentes na UFMA, denunciando a exploração ilegal de sítios arqueológicos no interior do Estado, notadamente na região da Baixada Ocidental maranhense, por indivíduos sem preparo específico e sem o conhecimento do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

O jornalista e professor Ed Wilson produziu uma série de reportagens abordando esta ilegalidade e as publicou na internet, o que desagradou os envolvidos nas irregularidades. Além do jornalista Ed Wilson, os atos ilegais atingiram também o Ministério Público maranhense, inclusive o governo do Estado.  A exploração irregular do material arqueológico está sem investigada pela Polícia Federal, diante dos indícios de subtração de bens de valor artístico, social, cultural e histórico.

Desta forma, ratificamos o nosso repúdio a tais atitudes que atentam contra a liberdade de imprensa e ameaçam a democracia,  e desagravamos o jornalista e professor Ed Wilson Ferreira de  Araújo, exemplo de pessoa, jornalista e docente da nossa instituição de ensino mais importante.

Douglas Pires da Cunha

Presidente/SINDJOR-SLZ