Sindicato repudia decisão da presidência da Câmara de Vereadores ao fechar exposição de cartunistas gaúchos

79
Foto: Tânia Meinerz/divulgação

Ato de censura na Câmara da capital gaúcha – NOTA OFICIAL

O Sindjors – Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Sul – e a Fenaj – Federação Nacional dos Jornalistas – repudiam, com veemência, a decisão do vereador Valter Nagelstein (MDB) de impedir a permanência da exposição de cartuns “Independência em Risco”, que abriu na segunda-feira (02/09), na Câmara Municipal de Porto Alegre.

A atitude do vereador emedebista, com a anuência da presidenta do Legislativo da capital, Mônica Leal (PP), é de clara censura e, por isso, absurda e inaceitável. A postura dos integrantes da mesa diretora do Legislativo municipal de Porto Alegre, que autorizaram a instalação e divulgação da mostra, vem ao encontro da cruzada liderada por Jair Bolsonaro, contra a imprensa e contra os profissionais que fazem humor. É usando lápis, pincéis e tintas, como arma contra o autoritarismo, a intolerância e a violência, que resiste o jornalismo de opinião.

A diretoria do Sindjors repudia toda atitude de censura, repressão ou cerceamento de trabalho de profissionais da imprensa, assim como defende a total liberdade de expressão e de atuação dos nossos colegas.

Diretoria do Sindjors e da FENAJ

Fotos: Stela Pastore/divulgação. Exposição, inaugurada ontem, foi recolhida hoje.

Tags: exposição de cartuns “Independência em Risco” – Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) – Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Sul (SINDJORS)