Diretoria e Sindicatos definem estratégia para campanha do CFJ

Diretoria e Sindicatos definem estratégia para campanha do CFJ

2705

Fenaj3A FENAJ aproveitou o feriadão para colocar em dia a agenda de reuniões. Na sexta, 12, a Executiva discutiu e encaminhou diversas pendências e urgências. Entre as deliberações, a designação da diretora Carmem Silva como coordenadora de Direitos Humanos da FENAJ. Carmem irá centralizar as informações de violência contra jornalistas e atentados à liberdade de imprensa, propondo ações para intervenção da Federação. A Executiva também sistematizou todas as contribuições para aperfeiçoamento do texto do projeto de lei que cria o CFJ (Conselho Federal de Jornalismo). No sábado, 13, o Conselho de Representantes dos Sindicatos junto à FENAJ, depois de fazer um balanço da campanha, aprovou a proposta de alterar o projeto do CFJ. O texto, que será uma contribuição da FENAJ e Sindicatos para a elaboração de um substitutivo ao PL 3985/04, num primeiro momento, após ajustes técnicos, será entregue aos lí­deres partidários e integrantes da Comissão de Ciência, Tecnologia e Comunicação e Informática da Câmara. O Conselho de Representantes aprovou, também, um plano de lutas para garantir a criação do CFJ. No domingo e na segunda, 14 e 15, foi a vez do pleno da Diretoria analisar e votar planos de ação dos Departamentos e Vice-Regionais. Foi organizado o calendário de eventos para o próximo ano. Participou da reunião, como convidado, o presidente da Comissão Nacional de Ética, Luiz Spada. As três reuniões foram realizadas em Brasí­lia.