Comissão de Ética pune jornalista do Pará

246

A Comissão Nacional de Ética da Fenaj confirmou a punição imposta ao jornalista João Batista de Miranda Freitas pela Comissão de Ética do Sindicato dos Jornalistas do Pará, que o excluiu de seus quadros de associados após julgamento.

O jornalista paraense, que era vice-presidente do Sindicato, foi acusado pela sua então namorada, Eliete dos Santos Ramos, de agredi-la em 2015. Na ocasião, ela era também diretora da entidade.

A sessão de julgamento foi realizada na tarde desta quinta-feira, 17, na sede do Sindicato dos Jornalistas do Município do Rio de Janeiro. A punição foi decidida por unanimidade.

A Comissão Nacional de Ética é composta por Vera Daisy Barcellos, do Rio Grande do Sul, Carmen Pereira, do Rio de Janeiro, Pinheiro Salles, de Goiás, José Cristian Góes, de Sergipe, e Aloísio Morais, de Minas Gerais.