Jornalista da Paraíba recebe ameaças por críticas ao governo Bolsonaro

25

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado da Paraíba e a Federação Nacional dos Jornalistas vêm a público manifestar a sua preocupação com o Jornalista e Produtor de Teatro, João Costa, que até pouco tempo trabalhava na emissora de rádio 98 FM, no programa Correio Debate. João está recebendo ameaças, há vários meses, por fazer críticas contrárias à política do presidente Jair Bolsonaro.

Costa afirmou que no final do ano passado, essas ameaças, sempre por MSN, se intensificaram, com promessas veladas até de morte.

Além de procurar o Coronel da Polícia Militar, Euler de Assis Chaves, prestou queixa dessas ameaças na Polícia Civil, quando chegou a conversar com dois delegados no final do ano passado.

A diretoria do Sindicato dos Jornalistas da Paraíba pede providências ao Coronel Euler e à Polícia Civil, já que as autoridades dessas instituições da Justiça, estão conscientes das denúncias ameaçadoras que vem sofrendo o profissional da comunicação, João Costa.
Mais uma vez, forças retrógradas tentam impedir a liberdade de expressão e de imprensa.

Sindicato dos Jornalistas da Paraíba
Federação Nacional dos Jornalistas