Nota de Solidariedade ao jornalista paraense José Carlos Boução

12

O Sindicato dos Jornalistas no Estado do Pará (Sinjor-PA) e a Federação Nacional dos Jornalistas (FFENAJ) prestam solidariedade ao jornalista paraense José Carlos Boução, servidor concursado da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa), que foi agredido covardemente com uma cadeira na cabeça ao defender outra jornalista na tarde deste sábado, dia 28/05, no bar e restaurante do Mineiro, em Belém do Pará, após manifestação contra o presidente da República, Jair Bolsonaro.

As agressões aos jornalistas ocorreram após discussão com defensores do presidente. O agressor de Boução, que ainda não foi identificado, seria oficial da Polícia Militar (PM) e fugiu do local, sem que o proprietário do bar impedisse ou apoiasse os jornalistas.

O Sinjor-PA e a FENAJ repudiam juntos qualquer agressão política. O Sindicato acompanha o caso com sua equipe jurídica e buscará junto aos órgãos de segurança e de justiça a identificação e responsabilização dos agressores.

Fascistas não passarão!

Sinjor-PA

FENAJ