Campanha em defesa do diploma e da formação profissional terá novas ações

277

A Campanha em Defesa da Formação Superior Específica em Jornalismo e Regulamentação Profissional será intensificada em 2008. As atividades serão retomadas em meados de fevereiro com a volta às aulas em diversas universidades brasileiras. O movimento pretende fazer de 7 de Abril, Dia do Jornalistas, um Dia Nacional de Mobilização em defesa da obrigatoriedade do diploma de curso superior de Jornalismo como requisito para o exercício da profissão.

Nesta segunda-feira (14/01) houve tele-reunião da nova Coordenação da Campanha, integrada pelos diretores do Departamento de Educação (Alexandra Campello, Valci Zuculoto e Marjorie Moura) e do Departamento de Relações Institucionais da FENAJ (Alcimir Carmo, Aloísio Lopes e Edvânia Kátia), além de Rudinaldo Gonçalves, do Sindicato dos Jornalistas de São Paulo, e de Márcio Rodrigues, do Sindicato do Paraná. Nela foram traçadas as linhas gerais da campanha para este ano.

Uma das principais ações delineadas é o “Mutirão de Volta às Aulas”. A orientação é de que os 31 Sindicatos de Jornalistas do país busquem espaços nas atividades de início do semestre letivo nos Cursos de Jornalismo. Devem ser agendados debates, palestras, conversas com estudantes e professores, visitas, levando o “kit campanha” que a coordenação produzirá até meados de fevereiro. No momento o kit inclui camisetas e cartazes, mas a idéia é ter mais um jornal – impresso e digital -, um powerpoint e outras peças de divulgação.

O início do semestre letivo é apontado, também, como momento fundamental para a coleta de assinaturas no abaixo-assinado que circula desde 2006 em defesa do diploma e da regulamentação da profissão.

Esta sendo elaborado, também, um livro sobre a luta travada pelos jornalistas há décadas em defesa da exigência de diploma de curso superior para o exercício da profissão e da regulamentação profissional. A idéia é lança-lo no final de março, quando, em conjunto com o Fórum Nacional de Professores de Jornalismo e a Sociedade Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo, a FENAJ promoverá o II Seminário do Programa Nacional de Estímulo à Qualidade do Ensino de Jornalismo e do Estágio Acadêmico. O livro será lançado, também, nas atividades do Dia Nacional dos Jornalistas, 7 de abril.