Em defesa do livre exercício profissional do jornalista!

12

Face a essa situação insustentável, que coloca em risco a integridade física da jornalista, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro e a Federação Nacional dos Jornalistas cobram das autoridades competentes providências imediatas no sentido de proteger a vida da repórter e de identificar os responsáveis pelas ameaças e intimidações. Não podemos aceitar que a barbárie, a intolerância e a perseguição promovida por pessoas que não aceitam viver sob regras democráticas permaneçam impunes.

Nos últimos anos, os ataques aos jornalistas brasileiros, lamentavelmente, tornaram-se corriqueiros e, pior, estimulados pelo próprio presidente da República.

Não nos calaremos diante das tentativas de cerceamento do livre exercício profissional. Não nos calaremos diante das ameaças à liberdade de imprensa. Não nos calaremos!

Democracia, sim!

Toda solidariedade à jornalista!

Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro (SJPMRJ)

Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ)