FENAJ solidariza-se com colunista de Universa atacada nas redes por bolsonaristas

112

A Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ), por meio da sua Comissão de Mulheres, e a Comissão de Mulheres Jornalistas de Minas prestam toda sua solidariedade à jornalista Nina Lemos que vem sendo violentamente atacada pela extrema direita bolsonarista nas redes sociais.

Os ataques aconteceram depois que Nina publicou uma coluna de opinião sobre a presença da primeira-dama Michelle Bolsonaro no funeral da rainha Elizabeth. O título dizia: “Michelle Bolsonaro confunde funeral da rainha com desfile de moda”.

Os ataques ganharam força depois que o deputado federal Eduardo Bolsonaro compartilhou piada menosprezando a jornalista em suas redes sociais. A partir daí, grupos bolsonaristas direcionaram suas agressões às redes sociais da colunista.

Esse ataque às jornalistas, de cunho violento, misógino e machista, tem se repetido Brasil afora.

E não pode continuar, sob pena de vermos a violência contra as mulheres, em geral, e contra as jornalistas em especial,, que já é um flagelo no Brasil, agravar-se cada vez mais.

Nós, mulheres jornalistas, exigimos exemplar punição para quem, a todo momento, tenta nos intimidar e cercear nosso compromisso de bem informar a população.

Jamais renunciaremos à nossa responsabilidade de ajudar na construção de nossa Democracia!

Federação Nacional dos Jornalistas

Comissão Nacional de Mulheres Jornalistas da FENAJ

Comissão de Mulheres Jornalistas/ Sindicato de Jornalistas Profissionais de Minas Gerais