Inscrições a 13ª plenária do FNDC já estão disponíveis

211

Representantes de 124 entidades nacionais e regionais são esperados para a 13ª Plenária do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC), que acontece de 20 a 22 de outubro de 2006, em Florianópolis (SC). Na pauta do evento estarão o marco regulatório da área, o Conselho de Comunicação Social e a I Conferência Nacional das Comunicações. O evento marca os 15 anos de criação do FNDC . Informações sobre inscrições já estão disponíveis. A FENAJ está estimulando todos os sindicatos de jornalistas a participarem como observadores. Entidades associadas até 6 de outubro poderão eleger delegados à plenária.

Na abertura do encontro, dia 20 de outubro, haverá uma homenagem ao jornalista Daniel Herz, um dos pioneiros da luta pela democratização da comunicação e fundador do FNDC, falecido em maio deste ano. Em seguida, o dirigente do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, João Pedro Stédile, é o convidado para o painel “Conjuntura da Área das Comunicações no Brasil”.

Já no sábado haverá o painel “Políticas públicas de comunicação – Propostas dos candidatos” para o qual serão convidados os candidatos a presidente da República no segundo turno ou o presidente eleito, e debate de teses sobre a “regulamentação e regulação das comunicações” e sobre “mobilização e organização do FNDC”.

No início do último dia da Plenária, em 22/10, quatro representantes de categorias de profissionais da comunicação debaterão com os participantes o “Conselho de Comunicação Social – Perspectivas de Renovação”. Além da eleição da nova direção do FNDC, haverá debates preparatórios à I Conferência Nacional das Comunicações.
Todas as informações sobre inscrição, calendário, reservas de hotel e orientações gerais podem ser acessadas clicando aqui.

Para participar na XIII Plenária e ter delegados com direito a voto as entidades devem estar associadas ao Fórum até o dia 6/10/06. A diretora de Assuntos Institucionais da FENAJ, Valci Zuculoto, resgata que, mesmo entidades não associadas poderão participar como observadoras com direito à voz e a acompanhar todos os debates. “É importante que mesmo os Sindicatos de Jornalistas ainda não associados ao FNDC participem, pois os debates serão fundamentais para a ampliação deste movimento em todos os estados”, disse.