Momento histórico exige unidade dos jornalistas

317

Liberdade de imprensa “é a possibilidade de o dono de uma determinada empresa editora publicar tudo aquilo que quiser”.

(Clóvis Rossi, jornalista, in “O que é jornalismo”, Coleção Primeiros Passos)

Quem leu o relatório divulgado na semana passada pela Secretaria Executiva da campanha pela criação do Conselho Federal de Jornalismo (CFJ), deve ter ficado positivamente impressionado. Nos últimos 30 dias, não houve um só dia em que não ocorreu uma atividade organizada pelos sindicatos/FENAJ. Em quase todos os estados, debates com a categoria e estudantes de jornalismo, visitas aos locais de trabalho, entrevistas em jornais, rádios e TVs, coletivas – sempre com uma participação expressiva. A cobertura manipulada do tema e o clima de linchamento da proposta e de seus proponentes acabaram por despertar a curiosidade e o interesse das pessoas.

Coincidentemente, vários sindicatos vêm de processos eleitorais com significativa renovação dos quadros dirigentes. A própria FENAJ passou recentemente por uma disputa que empolgou e mobilizou a categoria. Vivemos um momento histórico e precisamos ter competência para canalizar essa energia em torno do CFJ e de outras frentes de luta da nossa Federação, como as lutas contra a precarização das relações de trabalho e pela democratização da comunicação. Foi a mobilização da categoria e a organização do Sindicato do Municí­pio do Rio que fizeram a direção do JB/Gazeta Mercantil recuar e voltar a negociar e reverteram as demissões do Jornal do Commercio.

Poucas vezes na historia o patronato de comunicação se unificou em torno de uma questão, como estão unidos nesse momento pela retirada do projeto do Congresso Nacional. Para enfrentar esse poder, precisamos ampliar o debate na categoria e na sociedade e construir uma unidade dos jornalistas e dos setores democráticos do Paí­s. A FENAJ tem manifestado publicamente que quer o debate e defende o aperfeiçoamento do texto. Mas não vamos abrir mão da criação do CFJ.

Resistir e avançar. Eis a nossa tarefa.

Diretoria da Fenaj