Profissionais da TV Catarina reagem após demissões

345

Profissionais demitidos da TV Catarina,

  • Nike Air Max 90 Donna Bianche
  • no Estado de Santa Catarina, estão reagindo aos desmandos da emissora, após 27 demissões ocorridas no final de julho. Na segunda-feira, albion gold 7, ex-funcionários protestaram para reivindicar pagamentos atrasados de salários, férias e verbas rescisórias. As irregularidades ocorrem com frequência há pelo menos dois anos, quando o Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina – SJSC denunciou a empresa ao Ministério Público do Trabalho – MPT.

    Também em agosto, no dia dois, uma parte dos trabalhadores demitidos participou de uma reunião na sede do Sindicato dos Jornalistas. Kyrie Irving All Shoes O objetivo era discutir quais os caminhos para reivindicar os pagamentos atrasados. A reunião contou com a presença do presidente do SJSC, Aderbal Filho, New Balance męskie do diretor Leonel Camasão e da equipe jurídica.

    Na justiça

    A denúncia realizada pelo SJSC, vendita on line new balance 1500 em 2015, tornou-se uma Ação Civil Pública que está em tramitação na 3ª Vara do Trabalho de Florianópolis. Na última audiência, o procurador Acir Alfredo Hack, nike air huarache italia do MPT, pediu o reconhecimento dos profissionais de jornalismo que exerciam funções de editor, Kånken Laptop 13 repórter, pauteiro e repórteres cinematográficos, todos erroneamente enquadrados como radialistas. chaussures nike pas cher Além disso, pediu ainda multas pelos constantes atrasos e indenização por dano moral coletivo.