Sindicato de Sergipe arquiva denúncia contra programa jornalístico por ausência de provas

122

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Sergipe – SINDIJOR-SE, entidade de classe que representa os Jornalistas e o Jornalismo em Sergipe, Boise State Broncos foi procurado, Nike Air Huarache Heren no mês de julho,

  • Roshe Run Donna Grigie
  • pelo prefeito de Aquidabã, Francisco Francimario Rodrigues de Lucena, Asics Baratas para protocolar denúncia contra o Programa Fan Notícias 1ª e 2ª Edições (Fan FM de Aracaju e Fan FM de Carmópolis), por possível atentado ao Código de Ética do Jornalismo. Acompanhado de seu procurador jurídico, o prefeito denunciou que teria sofrido, nike air max nettbutikk por parte deste programa jornalístico, oakley pas cher tentativa de suborno.

    Como não apresentou provas contundentes da denúncia, para que a Diretoria Executiva desta entidade enviasse a mesma à Comissão de Ética Jornalística, a quem cabe adotar as medidas cabíveis e, em caso de condenação, nike air jordan 3 mujer encaminhar a decisão final ao Ministério Público Federal,

  • Air Max Flyknit Uomo
  • a fim de que o órgão ministerial solicite da Justiça o cumprimento da decisão do colegiado sindical, new balance cm1600 a Diretoria Executiva decidiu arquivar a referida denúncia, sem a necessidade de encaminhá-la à Comissão de Ética do Jornalismo, por não apresentar as provas mínimas que justifiquem a abertura do procedimento ético disciplinar.

    O prefeito e os responsáveis pelo referido programa jornalístico já foram notificados da decisão adotada pela Diretoria Executiva.