Sindicato publica nota em defesa do trabalho dos jornalistas no Tocantins

176

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Tocantins – Sindjor/TO divulgou nota afirmando ver com preocupação os embates em redes sociais envolvendo políticos e jornalistas, naquele Estado. nike air max 90 pas cher A liberdade de expressão é direito consagrado em todas as democracias e também assegurado na Constituição Federal, remetendo-nos antes de tudo ao respeito e compreensão aos pensamentos de outrem. A nota lembrou que nos relatórios anuais da Federação Nacional dos Jornalistas – FENAJ, Garrett Richards Baseball Jersey destaca-se ano a ano o ocorrido em todo o Brasil e, principalmente no Tocantins, dos excessos cometidos contra jornalistas quando estes resolvem imprimir nos editoriais a impressão sobre parlamentares e atividades que realizam. Alabama Crimson Tide O Sindicato disse estar atento e será intransigente na defesa do diálogo, do respeito, da boa conduta, Nike Air Max 2017 Dames groen e que a categoria não seja desrespeitada ou tenha violados os direitos tanto profissionais como pessoais. Compra Zapatillas Nike A entidade orienta seus filiados e sugere aos jornalistas que não se rendam a conflitos planejados que tem como objetivo intimidar, oakley pas cher amedrontar, desqualificar os profissionais. Uma vez que, para o Sindicato, essas situações ficam melhor resolvidas na esfera judicial. O Sindicato considerou ainda que,

  • Nike Air Max 2015 Uomo
  • nesse momento em que se avizinha mais um processo eleitoral, chaussures adidas onde se buscam holofotes e criar factoides, Pat Tillman Jerseys é necessário que todos estejam atentos para que situações isoladas não contaminem o debate e coloquem em risco,

  • Nike Air Max 2017 Donna Bianche
  • por meio de atitudes intimidatórias, o próprio direito de informar.