Centrais sindicais e movimentos sociais convocam protestos contra o ajuste fiscal e PL da terceiriza

275

manifestacao_internaO dia 29 de maio será marcado por mobilizações em todo o país contra as medidas do chamado ajuste fiscal, promovidas pelo governo federal. Centrais sindicais, organizações e movimentos sociais querem, também, derrubar os projetos que liberam a terceirização desenfreada no país, promovem cortes no seguro-desemprego, no auxílio-doença e nas aposentadorias.

Chamada de Dia Nacional de Paralisação e Manifestações, a mobilização do dia 29 é convocada pelas centrais sindicais CUT, Intersindical, CSP-Conlutas, CTB, UGT e Nova Central. Há consenso entre essas organizações de que é preciso colocar os trabalhadores na linha de frente desta luta.

Aprovado na Câmara dos Deputados com pequenas alterações, o Projeto de Lei que regulamenta e expande a terceirização no país tramita agora no Senado, sob o número 30/2015. Juntamente com as medidas de ajuste fiscal do governo, é apontado pelos críticos da proposta como uma das principais iniciativas da pauta conservadora que domina os debates no Congresso Nacional na atualidade.

“Vários Sindicatos de Jornalistas já estão envolvidos neste movimento. A FENAJ apoia esta luta e orienta todos os sindicatos e a categoria a participarem das manifestações do dia 29”, convoca o presidente da FENAJ, Celso Schröder.