FENAJ e Sindicato de Goiás repudiam ataque ao portal Mais Goiás

13

A Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) e o Sindicato dos Jornalistas de Goiás (Sindjor) repudiam a agressão feita ao veículo Mais Goiás, que teve sua conta do Instagram derrubada, no domingo (12), após ataques coordenados motivados por contas de redes sociais bolsonaristas. O ataque ocorreu após artigo publicado pelo jornalista Pablo Kossa, “Bolsonarismo de ressaca”.

O Sindjor e a FENAJ ressaltam que a liberdade de imprensa é um dos pilares da democracia e que ataques contra opiniões contrárias somente revelam uma tendência autoritária. Desta forma, as entidades se solidarizam com o Mais Goiás e esperam que o veículo de comunicação recupere de forma breve a sua conta.