Nota de Repúdio – Contra agressões verbais sofridas pela jornalista Priscila Anacleto

15

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Alagoas (Sindjornal) e a Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) repudiam veementemente as agressões verbais sofridas pela jornalista Priscila Anacleto, diretora geral da TV Liberdade AL de Arapiraca, por parte do Sr. Felipe Pereira, técnico da escola de futebol de base A.D. Villarreal Maceió.

Durante transmissão de um campeonato de base, realizado no final de semana em Arapiraca, o técnico agrediu verbalmente, com gritos e palavras de baixo calão, a jornalista, no momento em que ela foi solicitar as escalações dos times do sub17 e sub20.

Priscila Anacleto foi humilhada e constrangida em público enquanto exercia a sua profissão.

Diante do fato, o SINDJORNAL se solidariza com a mulher e jornalista Priscila Anacleto e se coloca à disposição para as devidas providências jurídicas. Não podemos tolerar que manifestações de caráter machista ainda sobrevivam no meio esportivo.

Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Alagoas (Sindjornal)

Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ)