Homenagem a Ottoni Fernandes Júnior, lutador das causas democráticas

348

ottoni_internaA Federação Nacional dos Jornalistas expressa seu pesar pelo falecimento, na manhã de domingo (30/12), do jornalista Ottoni Guimarães Fernandes Júnior, diretor internacional da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Ottoni teve um infarto durante viagem à Patagônia, na Argentina.

Com longa trajetória por veículos como a Gazeta Mercantil e as revistas IstoÉ e Exame, Ottoni Fernandes Júnior foi secretário executivo da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República de 2007 a 2010.

“O compromisso com as causas democráticas, que marcou sua conduta desde a militância no combate à ditadura, manteve-se no exercício ético da profissão de jornalista e nos cargos públicos que ocupou”, afirma o presidente da FENAJ, Celso Schröder. “Ottoni teve destacado papel na garantia da realização da I Confecom, em 2009, mesmo com a tentativa de inviabilizá-la, promovida por grandes conglomerados de comunicação do país”, registra.

Ottoni assumiu a Diretoria Internacional da EBC em março de 2012. Além de contribuir com a luta pela democratização da comunicação, também na direção da empresa ele teve postura importante para o movimento sindical dos jornalistas, posicionando-se pela retificação do edital do concurso público da EBC, lançado em julho passado.

A FENAJ solidariza-se com seus parentes e amigos por esta perda irreparável. A postura ética, profissional, democrática e solidária de Ottoni Fernandes Júnior permanecerá viva na memória dos jornalistas e dos lutadores sociais defensores da democratização da comunicação no Brasil.

Brasília, 31 de dezembro de 2012.
Diretoria da FENAJ