Nota de Repúdio do Sinjoper contra cerceamento ao exercício profissional em Roraima

72

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Roraima – Sinjoper repudia toda e qualquer forma de abuso de poder, de cerceamento e de violência física praticada contra profissionais da imprensa, principalmente no exercício profissional, como o relatado pelo repórter do G1 que, ao ser brutalmente segurado pelo policial, foi obrigado a apagar as imagens de seu aparelho celular quando do registro de uma operação policial.

O Sinjoper reitera seu compromisso em defesa dos jornalistas, e pede ao chefe do poder executivo estadual, que cobre ações enérgicas contra a conduta do policial, e que o chefe da corporação da Polícia Civil de Roraima venha a público, em nome da instituição falar sobre tal ação descabida por parte do referido agente

Boa Vista, 18 de novembro de 2022.