Sindicato dos Jornalistas do Amazonas e FENAJ Repudiam agressão e intimidação a Jornalista em Parintins

94

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Amazonas (Sinjor/AM) e a Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) vêm a público manifestar o seu repúdio à agressão e intimidação sofridas pelo jornalista Carlos Alexandre Rodrigues Ferreira (foto), registrada no último dia 8 de março, em sessão especial dedicada às Mulheres, na Câmara Municipal de Parintins.

O vereador Massilon Cursino de Medeiros (Republicanos) por discordar de publicações atribuídas ao jornalista Carlos Alexandre tentou intimidar o profissional, chegando a empurrá-lo em uma das salas nas dependências da Casa Legislativa.

A entidade representativa dos jornalistas no Amazonas alerta que, com base no Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros, “a obstrução direta ou indireta à livre divulgação da informação, a aplicação de censura e a indução à autocensura são delitos contra a sociedade” (trecho do item V, do artigo 2º do Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros).

Diante dos fatos, a diretoria do Sinjor/Am condena a postura do vereador Massilon Cursino de Medeiros. Além disso, solicita providências quanto à abertura de sindicância interna do Poder em Parintins tendo como referência o Regimento Interno da Casa Legislativa. E, por último, presta solidariedade ao jornalista Carlos Alexandre, colocando-se à disposição para novas solicitações e/ou representações que o caso requeira.

Manaus, 11 de março de 2024

Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Amazonas – SINJOR/AM


Federação Nacional dos Jornalistas – FENAJ