Sindjor MS repudia agressões contra jornalistas do Campo Grande News

58

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Mato Grosso do Sul (Sindjor-MS) vem a público repudiar veementemente as agressões verbais e físicas contra a repórter Bruna Marques e o repórter fotográfico Paulo Francis, ambos do jornal online Campo Grande News, desferidas pelo dono de um mercado, na Avenida Guaicurus, na Vila Santa Eugênia, no meio da manhã desde domingo, 21, em Campo Grande.

No momento das agressões, os dois profissionais entrevistavam um cliente do mercado, na calçada diante do estabelecimento, parte da produção de uma reportagem sobre o comportamento das pessoas em relação às reuniões familiares aos domingos. O ato deplorável atenta contra a livre exercício da imprensa.

Para o Sindjor-MS, atitudes violentas e antidemocráticas como essas, do comerciante, têm de ser repudiadas pela sociedade.

Aos colegas e ao Campo Grande News a nossa solidariedade, colocando-nos à disposição para a luta em defesa da liberdade de informação. Que a polícia e a Justiça ajam com rigor nesse caso. Não se pode mais admitir ataques contra jornalistas por estarem cumprindo a sua missão.

A Diretoria